Beltrano - Edição 631

Finalmente o Cadastro Único (CU) é aprovado na Câmara

(Nota do autor: para evitar críticas ao Beltrano, leia “C e U”, que significa, Cadastro Único, e não CU, pois uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! Rá, rá, rá, rá...)

No mês passado, o Antônho do Bidunga esteve na Prefeitura para falar com o Camilo sobre o projeto popular de sua autoria que institui em Palhoça o Cadastro Único, popularmente chamado por ele de CU, mas, inicialmente, foi barrado pela Jessica, secretária do prefeito. 

- Seu Antônio, sinto muitíssimo, mas acho que o prefeito não vai poder atendê-lo hoje. Ele está em reunião com um pessoal que veio de Brasília...

O Antônho, brincando, interrompeu:

- Ora, deixe de bobiça, dona Jessica! Vai lá e fala prele que eu vim de Fiat 147!

Depois que o pessoal que veio de Brasília foi embora, a Jessica conseguiu furar a fila para que o Antônho falasse com o prefeito.

- Tem que ser rapidinho, tá, ele tem que atender os vereadores, que estão esperando na salinha dos fundos e eles não gostam de esperar!

- Pode deixar, dona Jessica, a Maraza me conhece, comigo é um pé lá oto cá. Só quero mostrar meu CU pra ele, quem sabe dessa vez a Prefeitura o tire da pichorra! E a bem da verdade, os vereadores podem esperar, tão aqui com o prefeito todo dia e nem o Cadastro Único mostraram pro prefeito até hoje, não é?!

Com o prefeito:

- Seu Camilo, esta é a segunda vez que trago na Prefeitura o projeto do CU. Na primeira vez foi quando o Ronério era prefeito. Na época, mostrei o CU pra ele, mas ele não quis assinar o meu projeto por achar o CU polêmico demais. Cá pra nós, acho que ficou foi com medo de expor o CU na Câmara!

Não é que o prefeito Camilo adorou o projeto do Cadastro Único! E foi ainda mais longe ao anunciar que ia falar com o seu pai, o Nazareno Martins, para colocar o projeto como proposta de campanha para a Assembleia Legislativa e assim o CU passar a valer por toda Santa Catarina! 

Imediatamente, Camilo chamou o secretário Eduardo Freccia e o secretário de Governo Mário César, para que aprimorassem o CU do Antônho e enviassem imediatamente para ser apreciado pelos vereadores! A justificativa foi simples: com o CU aprovado, os impostos e taxas como IPTU, água, lixo, iluminação pública, passariam a ser debitados no CU, e ainda por cima, ninguém ia precisar andar mais com aquele monte de documentos na carteira: CPF, RG, Título de Eleitor, Carteira de Motorista, Cartão de Crédito, Carteira de Trabalho... Bastaria mostrar o CU e pronto!

Para uma melhor divulgação do projeto, o prefeito mandou espalhar vários outdoors pela cidade com imagens das facilidades que o CU proporcionaria! Eu vi as imagens feitas pelo Nagib de Pieri e posso dizer que ficaram lindas... Lindas! Sou obrigado a admitir: o rapaz de Urubici conhece dessas coisas! Rá, rá, rá, rá...

 

O CU repercute na Câmara  

Na Câmara, o CU causou o maior sururu, e no início, empacou, como sempre, nas comissões! Acontece que os vereadores, que não são burros nem nada, queriam o CU pra eles e resolveram tirar uma casquinha, só para depois dizer que o CU é deles e não da Prefeitura!

Daí, o CU passou a dar o que falar. Quase todos os vereadores da Câmara não tiravam o CU da boca! E o que não faltou foi vereador dizendo que era o dono do CU e isso e aquilo. O que não era verdade, já que o projeto do Cadastro Único é, e sempre será, do Antônho do Bidunga! 

O vereador Jean Negão defendeu com muita propriedade o CU e falou bonito, como sempre, na tribuna. Mas teve vereador que não gostou, não porque era contra o projeto não, mas porque não entendeu nada do que o Jean dizia!
O Fabinho, vendo que o projeto de lei seria polêmico, fez circular no plenário um abaixo-assinado, para que nenhum vereador pudesse pedir vistas ao CU, pedindo também que o CU fosse votado em caráter de urgência urgentíssima! Ele sabia muito bem que o CU não podia esperar pela vontade dos vereadores!

O Luciano aproveitou a entrada do CU em votação para alfinetar o prefeito Camilo, dizendo que estava usando o CU dos outros para se promover! O Rosiney defendeu o prefeito, salientando que o CU iria facilitar a vida de quem precisa fazer exame de saúde: “O doente não vai precisar mostrar o CU para todo mundo, só para a Ana Paula lá na Secretaria de Saúde e pronto, tá examinado”. Em tempo: embora saiba-se que o Rosiney prefira que se mostre o CU para o Vitor e não para a Ana Paula, né?! Rá, rá, rá, rá...

O Neném também achou ótimo o projeto do Cadastro Único, assim não precisa mais marcar audiência com a secretária de Educação Shirley e ficar esperando uma vaguinha na agenda dela, já que todas as informações sobre as vagas de creches e escolas estariam no CU da Prefa!

Para o vereador Bala, o CU é a saída para melhorar a segurança pública dos moradores da Ponte. “A marginalidade sabe que pode ser facilmente identificada através do CU e vai desaparecer de Palhoça. Numa blitz, por exemplo, vai bastar nós palhocenses mostrarmos o CU limpo para os policiais ou para os agentes de trânsito para sermos liberados e escoltados até nossas residências”, exagerou o vereador.

Para o vereador Nelsinho, o CU será bom até para a habitação. “Para ser premiado com um ‘apertamento’ da ‘Minha Casa, Minha Vida’, bastará utilizar uma conta de luz do primo e exibir o CU para o Toninho Pagani”. Mas ele avisa: “A pessoa tem que ter o CU limpo, porque se não tiver, o CU não passa na Caixa”. Quanto ao hospital para Palhoça, bem, isso já são lá outros quinhentos e nem o CU prevê isso pra Palhoça por enquanto!

O vereador Pakão ficou tão contente com as benesses que o Cadastro Único trará para o Sul do município que foi o autor de uma moção de parabenização ao Antônho. Segundo ele, todas as reivindicações do Sul agora vão cair direto no CU do prefeito e do secretário de Obras, Edson Ghizoni. Com isso, não vai mais precisar fazer requerimentos e indicações que o pessoal da Prefa já está careca de saber que o Sul precisa. O que eu ainda não sei é se os moradores vão continuar com medo de que o CU não funcione no Sul fora da temporada de verão!

O vereador Pitanta foi além, ao dizer que, durante os mais de 40 anos em que é vereador, nunca votou num projeto tão importante quanto o CU. “Sou a favor do CU até debaixo d’água. Quando fui prefeito, quis mandar o CU pra Câmara, mas não deu tempo! É uma honra para mim, como vereador, deixar o município e as futuras gerações com o CU legalizado. Pensei que ia morrer vereador e não ia ver o CU entrando na Câmara”, disse, solenemente.

Depois de muita discussão, o presidente da Câmara, Fabinho, pediu a seus pares que enfiassem o dedo no Cadastro Único e votassem pelos laptops. Não deu outra! Só não foi por unanimidade porque o vereador Rosiney, na ânsia de votar no projeto do prefeito, se embananou todo e votou sem querer contra o CU do Camilo!

Para se ter uma ideia do que foi a votação e a eficácia que terá o CU, os vereadores Rodrigo Quintino e André Xavier pediram licença para tratamento de saúde. Pensa que foi difícil pegar licença? Que nada, bastou eles mostrarem o CU para o médico da perícia! Rá, rá, rá, rá... Kinaba, não!!

 

O CU já vai valer na eleição deste ano

Com a aprovação na Câmara, o eleitor vai poder votar este ano, utilizando seu CU na eleição! Como o Cadastro Único terá uma central de informações dos CUs, o eleitor terá à disposição o CU de cada candidato! Você, pela primeira vez na história deste país, vai poder saber quem possui o CU limpo e quem possui o CU sujo, isso graças também à Lava Jato!

O Nazareno Martins é a favor de colocar o CU em prática! Garante que tem o CU limpo e diz que na eleição vai mostrar seu CU pra todo mundo conferir! A Dirce afirma que o CU está na sua cabeça há muitos anos, e que ficaria feliz em poder levar o CU para a Assembleia para um mandato de mais quatro anos por Palhoça e Santa Catarina.

Por fim, um aviso a todos aqueles que possuem pretensão de se lançarem candidatos por Palhoça nas eleições de 2018, mas que ainda não criaram coragem: vocês precisam saber que terão que lutar para botar o CU a funcionar efetivamente, não só para as suas corriolas, mas também para o bem de quem mais precisa, o povo, que está cansado de tomar no Cadastro Único!

Assim como eu, o Antônho só está apreensivo com uma coisa: que passe a eleição e os políticos voltem a pensar só nos seus próprios CUs e esqueçam do CU da gente, revogando essa lei!



Publicado em 22/03/2018 - por Beltrano

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg