Boca Maldita - Edição 668

Projeto Memória Palhocense: o Paço Municipal

A imagem retirada do Projeto Memória Palhocense mostra o prédio da Prefeitura sendo inaugurado em 22 de agosto de 1895. Foi planejado e construído em menos de um ano depois da emancipação! Abrigava na época a Superintendência (Prefeitura), a Delegacia de Polícia, o Juizado de Paz, a Cadeia Pública, o Conselho Municipal (atual Câmara de Vereadores), o Fórum e o Tribunal de Júri. Conclusão: tudo isso despendia muito menos custos para o contribuinte. O engraçado é que hoje o prédio que abriga a atual Prefeitura é alugado! Até parece que nada foi feito de lá pra cá, né?! Ou será que andamos para trás? 


Coisas acontecendo...

- Projeto de Lei aprovado pela Câmara autoriza a compra do prédio alugado onde está instalada a Prefeitura;
- Reforma da Câmara continua a todo vapor. Vale lembrar que o futuro presidente da Câmara, vereador Neném do Bertilo, já solicitou junto à Eletrosul para que não fosse necessária a demolição da parte de trás do prédio.
- Continuam sem saber onde vão estudar os mais de 300 alunos que esperavam conseguir vaga no colégio Governador Ivo Silveira. O governo do estado apresentou a “inovação” do ensino em período integral, mas isso reduziu as vagas! Será que nossos jovens vão conseguir vaga no colégio do tráfico de drogas e da marginalidade?! Vamos torcer para que não!
- Mesmo a Prefeitura de Palhoça sendo contra que o governo estadual trouxesse para o município os venezuelanos, eles vieram. Dizem que a Mariah Nascimento, ex-funcionária da FMP da Prefeitura de Palhoça, está mandando mais do que muita gente por aqui! Será?! Para esclarecer: Mariah, hoje, é consultora geral da Secretaria de Assistência Social do estado. Ah, entendi!! 


Haja saco!

Pelo jeito, ainda vamos penar um bom tempo antes de termos novidades positivas com relação ao caos do trânsito na nossa região. A empresa que toca as obras do Contorno Viário alega problemas financeiros e reduziu o ritmo de trabalho e a Autopista Litoral Sul estuda rescindir contrato. Aí vai ser um deus nos acuda! As obras no trecho de Palhoça ainda nem começaram! A ANTT pediu prazo de 60 dias para analisar (e oxalá, aprovar) a construção da terceira pista na BR-101, sentido Norte, entre Palhoça e Barreiros. Vai longe, o nosso drama! 

 


Escola estadual deveria oferecer 1,5 mil vagas em 2019

Na manhã desta quarta-feira (5), os vereadores Maurício Roque da Silva, Luciano Pereira, Marquinho do Pacheco, Bala, Tavinho e a vereadora Zana visitaram a construção da escola estadual de Ensino Médio Ângelo Cascaes, do bairro Bela Vista, mais especificamente no loteamento da Rodobens. A obra, que deveria abrir 1,5 mil novas vagas já em 2019, continua jogada às traças e sendo depredada. A escola não será colocada à disposição da comunidade por total incompetência dos governos do Colombinho (PSD) e do Pinho Moreira (MDB), que gastaram mais de R$ 7 milhões na obra. Enquanto isso, pais penam nas filas e participam de loteria para conseguir uma vaga para seus filhos no Ensino Médio de Palhoça! Como diria Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!!” 


Ministério Público fazendo o papel do Judiciário?!

O que não entendo em Palhoça é o porquê de o Ministério Público possuir o poder do Judiciário. O exemplo foi o MP ordenar ao Poder Executivo (Prefeitura), que obedeceu sem contestar, o retorno da carga horária dos funcionários da Educação e Saúde de seis para oito horas diárias. O engraçado é que sempre pensei que o responsável por fazer cumprir a lei fosse o Judiciário, mas não! Bastou a Ministério Público contestar o decreto, para que a Prefeitura baixasse a cueca, ou a calcinha (em alguns casos) e decretar e admitir que está tudo errado. O pior é que no passado quem errou foi a Prefeitura e não os funcionários, quando passou de oito horas para seis, mas vão ser eles que vão acabar pagando o pato! É a isso que se dá o nome de justiça?! Neste caso, certamente, não é cega... é apenas caolha! 


O que Dizem e Eu Não Afirmo...

QUE a diretora do RH da Prefeitura baixou a ordem para que os funcionários da Educação e Saúde passem a trabalhar oito horas diárias e foi viajar para Miami!! Não quis nem saber: deixou o circo pegando fogo e foi dar uma voltinha. Até porque, como possui cargo comissionado, não é obrigada a obedecer ao regime que o Ministério Público passou a exigir! Pra ela e outros comissionados basta dizer amém ao que o Ministério Público manda! E na Prefeitura é assim: manda quem pode e obedece quem tem cargo comissionado!
QUE o prefeito Camilo Martins prometeu transformar o antigo prédio da Prefeitura, na Praça Central, no espaço que abrigaria a nossa Casa da Cultura. Será que esqueceu?! Com certeza esqueceu. E não se fala mais nisso, né?!
QUE o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palhoça (Sitrampa) é o reflexo nu e cru da consciência dos nossos servidores municipais. Quer dizer: nenhuma! Tudo começa e acaba “com o venha nós o vosso reino”!
QUE o Executivo municipal pretende comprar o atual prédio da Prefeitura. Será que a estrutura comporta mais cinco ou seis andares que pretendem construir, já que os três que estão lá estão cheios de rachaduras?! Que Deus nos proteja!!



Publicado em 06/12/2018 - por Joao Jose da Silva

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif