Boca Maldita - Edição 709

Moção de repúdio

O vereador Fabinho Coelho propôs, na Câmara Municipal, uma moção de repúdio ao Dnit, concessionária responsável pela BR-282, pela falta de mobilidade e a segurança no trânsito das rodovias que cortam nossa cidade.
O documento foi encaminhado ao órgão com o intuito de cobrar investimentos que melhorem a mobilidade da rodovia 282 e a segurança do trânsito: “Para proporcionar melhores condições de mobilidade e segurança na rodovia é preciso mais investimentos com sinalização, fiscalização e controle de tráfego, para assim, inibir infrações que causam tantos acidentes”, cobra Fabinho.
O parlamentar menciona a falta de atenção do órgão com essa rodovia, que possui intenso fluxo de veículos diariamente: “O Dnit parece não acompanhar as tragédias que acontecem constantemente no trecho de Palhoça da BR-282, pois não há qualquer indícios de que o órgão promoverá ações para proporcionar mais segurança ao trânsito na rodovia”.
Com essa moção de repúdio, Fabinho espera que os responsáveis pelo Dnit entendam a situação e acompanhem de perto os problemas enfrentados diariamente por quem se desloca pela rodovia, promovendo ações que beneficiem a segurança e mobilidade dos palhocenses.


Deck e tranca ruas

Tramita na Câmara, projeto de lei que pretende botar ordem na construção de decks nos passeios e áreas públicas. Quem sabe, com a lei, consiga-se evitar o absurdo que temos em Palhoça com a construção de decks em cima das calçadas, né?! 


Sossego na Guarda

Pessoal da Guarda do Embaú diz que a via geral da praia está um sossego ultimamente, após ações contundentes da Polícia Militar para coibir a perturbação do sossego alheio nos finais de semana. “Agora, a gente dorme tranquilo à noite”, diz um velho lobo do mar.

 


Flagra

O flagrante foi feito por um leitor do Palhocense na Pedra Branca. A isso se dá o nome de verdadeiramente sustentável!

 


Professores e empalamados

Pessoal da Secretaria de Estado da Educação está de olho naqueles professores “miguelentos”, que vivem apresentando atestado para não trabalhar. Em tempo: a intenção não é cercear o direito à ausência por motivos médicos, e sim, coibir as falcatruas. Tem muito colégio em Palhoça sofrendo com a ausência frequente de professores justificadas por atestados médicos. Isso sem falar nos mais “miguelentos” ainda, que vão pra aula e fingem que ensinam. 
Temos recebido muitas reclamações dos pais. Será que é o “efeito Bolsonaro”? Povo está indignado com a “patrulha da escola sem partido”? Que tem um monte de professor desmotivado nas nossas escolas por conta dessa “censura velada”, ah, isso tem! Mas os alunos não podem ser penalizados, concordam? Ainda bem que podemos contar com excelentes professores na nossa rede pública. Mas que vale dar uma coça na raça que não quer trabalhar, ah, isso vale!


O que Dizem e Eu Não Afirmo...
QUE está dando o que falar a enquete feita pelo Aurélio Prim na internet sobre a corrida para prefeito em 2020! Embora a Justiça Eleitoral tenda a não concordar, acho válida a iniciativa, mas acharia melhor se robô fosse impedido de votar!
QUE está havendo articulações para que o ex-deputado federal Gervásio Silva venha a ser candidato a prefeito de Palhoça em 2020. Será?!
QUE existe a possibilidade do Ivon vir a mudar de partido até a eleição do ano que vem! Até porque, há quem diga que Bolsonaro e o governador Moisés não ficam no PSL.
QUE, com a possível mudança de Ivon de sigla, o Sérgio Guimarães tem uma boa chance de sair candidato, se continuar sozinho no PSL, claro!
QUE Palhoça terá, em 2020, três ou quatro candidatos a prefeito. Os outros estão valorizando o passe ou querem ser vice!
QUE dos atuais 17 vereadores, pelo menos 12 ou 13, devem permanecer na Câmara. Não deve existir renovação. Devemos ficar com os “velhinhos” mesmo!



Publicado em 03/10/2019 - por Joao Jose da Silva

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif