Cartão Rosa - Edição 708

O diretor do Palavra Palhocense, Alexandre Bonfim, e o empresário Marquinho da Barra aproveitam as férias para esquiar na fria e magnífica Bariloche, na Argentina. Com a desvalorização do peso, a cidade de los hermanos está vivendo a melhor temporada de inverno em 10 anos


Novo aeroporto
Até que enfim, Florianópolis, a capital do turismo do Mercosul, terá um aeroporto descente para receber os inúmeros turistas que por aqui aterrissam. Tudo graças à empresa suíça Floripa Airport, que administra o aeroporto desde o ano passado e que irá entregar o novo terminal neste sábado (28). Enquanto isso, os molengas do nosso governo deram uma mascarada no novo acesso ao terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz. Na cerimônia de entrega desta importante obra, é esperada a presença do presidente Jair Bolsonaro.


Primeira vitória
Figueirense e Bragantino se enfrentaram na noite desta terça-feira (24), num Orlando Scarpeli tomado pelo torcedor alvinegro. Claro que o resultado da partida, 3x0 para o Bragantino, não era o esperado por essa grande massa. O resultado do jogo foi indiscutível, mostrando um time alvinegro bem mais fraco do que o seu adversário. Foi um verdadeiro passeio do Massa Bruta, que não se intimidou com a torcida. O bom time do interior paulista colocou o seu jogo em prática e saiu de Florianópolis se mantendo na liderança da competição. Nos confrontos entre ambos os times, foi a primeira vitória do Bragantino dentro do Scarpelli.


O retorno
Depois da saída daqueles que comandavam o Figueirense mal e porcamente, a torcida alvinegra deu uma grande demonstração de que está junto com o time na Segundona Brasileira. Diante do Bragantino, o líder deste certame, mais de 12 mil apaixonados torcedores alvinegros lotaram o Orlando Scarpelli, numa noite fria de terça-feira (24), às 21h30. O retorno dos torcedores demonstra que o clube irá viver uma nova fase, depois do rompimento de contrato com a ignóbil Elephant. Essa torcida é grande.


Faz muita falta
O futebol catarinense parece estar enlutado desde a trágica partida de Delfim Peixoto Filho do comando do futebol de Santa Catarina. Naqueles bons tempos, os clubes catarinenses figuravam na elite do futebol brasileiro, deixando outros grandes centros boquiabertos. Chegamos a ter os quatros grandes de SC na Série A, disputando o Brasileirão de igual pra igual. Hoje, o que vemos é que o "barco" cada vez afunda mais, com clubes nas malditas zonas, tanto na elite como na Segundona. Acredito que, se vivo fosse, o nosso eterno presidente Delfim jamais iria deixar um clube como o Figueirense perder um jogo por WO. O futebol catarinense sente a falta daquele que brigava com unhas e dentes por seus afiliados. E a nossa previsão para o futuro é uma dura realidade. Delfim faz muita falta para o nosso futebol.


Como uma novela
Foi como uma teledramaturgia: o Avaí pelejou até o fim e conquistou a sua primeira vitória dentro da Ressacada neste Brasileirão. O time de Alberto Valentim resolveu explorar as laterais para cima de um Atlético-MG desorganizado e recheado de reservas. Diga-se que ambos os times apresentaram um futebol de baixa qualidade. Porém, o Leão superou as contrariedades e chegou ao gol da vitória aos 26 minutos, depois de uma cobrança de escanteio. O Avaí teve ainda a chance de ampliar o placar, após Leonardo Silva cometer um pênalti claríssimo em Jonathan. Mas, o goleiro do Galo defendeu. Depois disso, o Atlético-MG tentou a pressão e nada conseguiu. Mesmo assim, Santa Catarina segue liderando nas lanternas deste Brasileirão, com Chapecoense e Avaí caindo pelas tabelas. Triste realidade.


DROPS DA ARQUIBANCADA
Um bambi saltitante confidenciou-me que o Figueirense tinha dinheiro suficiente em caixa para pagar os seus jogadores e evitar aquele triste episódio do WO, em Cuiabá. Algo em torno de R$ 2,26 milhões, que foram retirados do cofre do clube.
Por sorte, o senhor Cláudio Honigman não escolheu Florianópolis para morar. Ele meteu a viola no saco e voltou para a sua terra. Porque, se aqui permanecesse, ia viver um pesadelo. O que tem de alvinegro xingando e querendo lhe dizer umas verdades, é uma enormidade.
Vejo em algumas redes sociais alguns torcedores avaianos insatisfeitos com o presidente Francisco Battistotti, pela má fase do time em campo. O torcedor precisa entender que Battistotti não está cometendo as loucuras que muitos estão fazendo por aí. Ele está certo.
Outro clube catarinense que está vivendo o seu tormento na Série B é o Criciúma. Diante do Guarani, em Campinas, o Tigre sofreu mais uma derrota. A rigor, o time do Sul do estado teve apenas uma chance real de gol ao longo de toda a partida.
A continuar assim, o futebol catarinense está diante de uma incômoda e incomum probabilidade de termos quatros clubes rebaixados numa mesma temporada em nível nacional. Se os campeonatos terminassem hoje, Avaí e Chapecoense, mais Figueirense e Criciúma estariam na degola.


Pensamento do Bambi
Conheço alguns jogadores de futebol que ficaram ricos por causa de uma bola, e perderam tudo por causa de duas.


Cartão rosa/vermelho
CARTÃO ROSA para Silvia Grecco. A mãe que não é biológica, que narra os jogos do Palmeiras para seu filho Nickollas, de apenas 11 anos e que é deficiente visual. Foi lindo e emocionante e esse escriba chegou às lágrimas, ao ver e ouvir a sua premiação pela Fifa, na cerimônia The Best. Silvia deu um exemplo de como ser uma verdadeira mãe. O pequeno Nickollas, quando era para ser adotado, foi rejeitado por 12 casais. Que isso sirva de exemplo para muitas mães, que não estão nem aí para os seus filhos.

CARTÃO VERMELHO, e daqueles bem grandes, para o irresponsável e despreparado  Claudio Honigman, presidente da Elephant, que, por pouco, não leva o Figueirense à falência. Os atos praticados por esse leviano, deixando o clube alvinegro no abandono, maculou a história de um dos mais importantes clubes do nosso futebol. São forasteiros vindos de fora tentando nos lograr por aqui.

 

Silvio Hencke, o popular Mala, levantando a taça de campeão do campeonato palhocense de quarentão, como técnico do bom time do Pura Arte. Mais um título na carreira deste brilhante comandante



Publicado em 26/09/2019 - por Margarida Clésio Moreira dos Santos

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif