Cartão Rosa - Edição 709

A bela Maria Hardt, clicada pelo competente fotógrafo Jomar Costa, tem como objetivo conquistar as passarelas do Brasil como modelo. Beleza é o que não lhe falta

 

Pensamento do Bambi
Se tem uma coisa que eu me garanto é na cama. Deito e durmo!


De pé em pé
Assisti ao bom jogo entre o River Plate e Boca Juniors na noite desta terça-feira (1) pela televisão. Aliás, foi um jogaço entre os times que fizeram a grande final da Copa Libertadores de 2018. Tanto Grêmio quanto Flamengo deverão pôr suas barbas de molho ao enfrentarem los hermanos. Principalmente o River, que está jogando uma bola redonda com postura tática sólida, com bola de pé em pé e cada jogador já sabendo de antemão onde o seu companheiro está ou vai se colocar. O River Plate meteu 2 a 0 no Boca Juniors e poderia ter feito muito mais.


Desce a ladeira
Foi mais uma rodada frustrante para o torcedor avaiano que foi em bom número na Ressacada na noite desta segunda-feira (30) e presenciou o seu time perder mais uma vez dentro de casa. O Bahia não deu mole para o Avaí e o que se viu foi um verdadeiro passeio do time baiano em Florianópolis. Ainda na maldita zona, o Leão não pode mais apresentar esse pífio futebol, depois de mais uma derrota diante do seu torcedor. Alberto Valentin não sabe mais o que fazer, e ele nada tem a ver com isso. A culpa é de quem o contratou e formou esse time. O Avaí é um time desorganizado, sofrível na parte física e composto por jogadores limitadíssimos. O Avaí desce a ladeira intensamente e o cenário é cada vez mais desanimador. Esse é um dos piores times na história do clube. Até aqui, foram 24 pontos que o Leão perdeu dentro de casa.


Primeira vez
A vitória do Bahia diante do Avaí em Florianópolis, pela primeira vez, colocou o bom time baiano dentro do G-6 do Brasileirão - a área de classificação para a próxima edição da Libertadores da América. Já o Avaí, continua a frequentar a maldita zona com 16 pontos, seis pontos abaixo do Fluminense, primeiro clube fora do Z-4. Resta esperar que o time avaiano possa melhorar o seu desempenho e sair de Maceió, na próxima segunda-feira (7), com uma vitória diante do CSA.


De técnico novo
De técnico novo, o Criciúma saiu de Goiânia com um empate em 1 a 1 diante do Vila Nova, no Serra Dourada, e segue no Z-4. Resultado que não dá alento aos seus torcedores. O Tigre, que agora repatriou o técnico Roberto Cavalo, já começou a enxugar o seu plantel. Um dos principais nomes deste elenco foi o lateral direito Maicon, que entrou em um acordo para rescindir o seu contrato com o clube. Além do ex-jogador da Seleção Brasileira, também foram dispensados o zagueiro Rodrigo e o atacante Lúcio Flávio.


Árbitro FIFA
Para ser um árbitro com o escudo da Fifa o mérito tem que prevalecer e não ser um tipo de quem indica. Chegar na entidade maior do futebol mundial é o sonho de qualquer um que apita pelos nossos campeonatos - seja profissional ou até mesmo amador. A CBF, através do seu departamento técnico, que é comandado pelo ex-árbitro gaúcho Leonardo Gaciba, divulgou a lista dos homens do apito brasileiro que farão parte do quadro internacional para 2020. No quadro masculino irão ter quatro alterações e o paranaense Rafael Traci, que pertence ao quadro da Federação Catarinense de Futebol é um deles. O catarinense de Imbituba Bráulio da Silva Machado, que vem evoluindo e trabalhando em jogos importantes deste Brasileirão irá para o seu segundo ano na FIFA, nos orgulhando. 


Lista FIFA
As mudanças já eram esperadas em razão do bom desempenho daqueles que foram indicados e das carências daqueles homens do apito que largaram o escudo da FIFA. Ricardo Marques, de Minas Gerais; Dewson Freitas, do Pará; e Wagner Reway, da Paraíba, deixarão o quadro internacional. Outro catarinense que permanece na lista FIFA é o manezinho do Estreito Kleber Lúcio Gil, que é um dos melhores árbitros assistentes do futebol brasileiro. Todos marcando história na arbitragem brasileira, assim como fez Dalmo Bozzano.


Mais um tropeço
Diante do seu torcedor, o Atlético-GO venceu o Figueirense na noite de sexta-feira (27), no Castelo do Dragão. O volante Zé Antônio, um dos heróis daquele fatídico W.O, falhou logo no começo da partida, dando a oportunidade de o Dragão abrir o placar. Logo em seguida, ainda no primeiro tempo, o Atlético-GO resolveu definir a vitória com mais um gol. A derrota do Figueirense teve o dedo do técnico interino Marcio Gugu Coelho, que escalou Tony e Zé Antônio, optando por três zagueiros, deixando uma avenida à disposição do time de Goiás. Não fosse as boas defesas do goleiro Matheus Vidotto, o Figueirense voltaria para casa com mais uma sonora goleada.De pé em pé
Assisti ao bom jogo entre o River Plate e Boca Juniors na noite desta terça-feira (1) pela televisão. Aliás, foi um jogaço entre os times que fizeram a grande final da Copa Libertadores de 2018. Tanto Grêmio quanto Flamengo deverão pôr suas barbas de molho ao enfrentarem los hermanos. Principalmente o River, que está jogando uma bola redonda com postura tática sólida, com bola de pé em pé e cada jogador já sabendo de antemão onde o seu companheiro está ou vai se colocar. O River Plate meteu 2 a 0 no Boca Juniors e poderia ter feito muito mais.


Desce a ladeira
Foi mais uma rodada frustrante para o torcedor avaiano que foi em bom número na Ressacada na noite desta segunda-feira (30) e presenciou o seu time perder mais uma vez dentro de casa. O Bahia não deu mole para o Avaí e o que se viu foi um verdadeiro passeio do time baiano em Florianópolis. Ainda na maldita zona, o Leão não pode mais apresentar esse pífio futebol, depois de mais uma derrota diante do seu torcedor. Alberto Valentin não sabe mais o que fazer, e ele nada tem a ver com isso. A culpa é de quem o contratou e formou esse time. O Avaí é um time desorganizado, sofrível na parte física e composto por jogadores limitadíssimos. O Avaí desce a ladeira intensamente e o cenário é cada vez mais desanimador. Esse é um dos piores times na história do clube. Até aqui, foram 24 pontos que o Leão perdeu dentro de casa.


Primeira vez
A vitória do Bahia diante do Avaí em Florianópolis, pela primeira vez, colocou o bom time baiano dentro do G-6 do Brasileirão - a área de classificação para a próxima edição da Libertadores da América. Já o Avaí, continua a frequentar a maldita zona com 16 pontos, seis pontos abaixo do Fluminense, primeiro clube fora do Z-4. Resta esperar que o time avaiano possa melhorar o seu desempenho e sair de Maceió, na próxima segunda-feira (7), com uma vitória diante do CSA.


De técnico novo
De técnico novo, o Criciúma saiu de Goiânia com um empate em 1 a 1 diante do Vila Nova, no Serra Dourada, e segue no Z-4. Resultado que não dá alento aos seus torcedores. O Tigre, que agora repatriou o técnico Roberto Cavalo, já começou a enxugar o seu plantel. Um dos principais nomes deste elenco foi o lateral direito Maicon, que entrou em um acordo para rescindir o seu contrato com o clube. Além do ex-jogador da Seleção Brasileira, também foram dispensados o zagueiro Rodrigo e o atacante Lúcio Flávio.


Árbitro FIFA
Para ser um árbitro com o escudo da Fifa o mérito tem que prevalecer e não ser um tipo de quem indica. Chegar na entidade maior do futebol mundial é o sonho de qualquer um que apita pelos nossos campeonatos - seja profissional ou até mesmo amador. A CBF, através do seu departamento técnico, que é comandado pelo ex-árbitro gaúcho Leonardo Gaciba, divulgou a lista dos homens do apito brasileiro que farão parte do quadro internacional para 2020. No quadro masculino irão ter quatro alterações e o paranaense Rafael Traci, que pertence ao quadro da Federação Catarinense de Futebol é um deles. O catarinense de Imbituba Bráulio da Silva Machado, que vem evoluindo e trabalhando em jogos importantes deste Brasileirão irá para o seu segundo ano na FIFA, nos orgulhando. 


Lista FIFA
As mudanças já eram esperadas em razão do bom desempenho daqueles que foram indicados e das carências daqueles homens do apito que largaram o escudo da FIFA. Ricardo Marques, de Minas Gerais; Dewson Freitas, do Pará; e Wagner Reway, da Paraíba, deixarão o quadro internacional. Outro catarinense que permanece na lista FIFA é o manezinho do Estreito Kleber Lúcio Gil, que é um dos melhores árbitros assistentes do futebol brasileiro. Todos marcando história na arbitragem brasileira, assim como fez Dalmo Bozzano.


Mais um tropeço
Diante do seu torcedor, o Atlético-GO venceu o Figueirense na noite de sexta-feira (27), no Castelo do Dragão. O volante Zé Antônio, um dos heróis daquele fatídico W.O, falhou logo no começo da partida, dando a oportunidade de o Dragão abrir o placar. Logo em seguida, ainda no primeiro tempo, o Atlético-GO resolveu definir a vitória com mais um gol. A derrota do Figueirense teve o dedo do técnico interino Marcio Gugu Coelho, que escalou Tony e Zé Antônio, optando por três zagueiros, deixando uma avenida à disposição do time de Goiás. Não fosse as boas defesas do goleiro Matheus Vidotto, o Figueirense voltaria para casa com mais uma sonora goleada.


DROPS DA ARQUIBANCADA
Até aqui, o Figueirense chegou a incrível marca de 16 jogos sem vencer. A Elephant já não é mais desculpa e está na hora de começarem a cobrar mais disposição e vontade desse time que aí está.
Quem andou comemorando mais um aniversário no último domingo (29) foi Marquinho Santos. O ídolo da torcida avaiana completou 38 anos de idade. Com 400 jogos vestindo a camisa azul e branca e 94 gols, o “Galego” é o maior artilheiro na história do Avaí.
A maioria das famílias das vítimas do trágico acidente aéreo da Chapecoense estão passando por dificuldades financeiras. O zagueiro Neto, um dos sobreviventes e viúvas de alguns jogadores fizeram um protesto na frente da Seguradora AON, em Londres. Eles lutam por indenizações.
A grande final do campeonato municipal de Santo Amaro da Imperatriz, realizada no último fim de semana, foi marcada por uma grande confusão fora de campo. Torcedores do Estrela Azul e do Águia Negra partiram para as vias de fato. Uma vergonhosa atitude.
Este escriba foi convidado para participar da entrega de troféus e medalhas aos campeões de Santo Amaro na segunda-feira (30). Pude perceber o bom clima entre os campeões e vice. Em pleno século 21, é inaceitável atitudes violentas por causa de um jogo de futebol.


Cartão rosa/vermelho
CARTÃO ROSA para a atitude de Avaí e Figueirense, que estão participando da Copa SC com seus times sub-23 para avaliarem novos jogadores. Alguns nomes de ambos os times já começam a se destacar e já estão na mira para a temporada de 2020.

CARTÃO VERMELHO para esses gananciosos, que possuem os olhos maior que a barriga, que, com suas atitudes avarentas, não pensam no bem da coletividade. Tudo leva a crer que aquele recente incêndio no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro pode ter sido criminoso, praticado por pessoas inescrupulosas, que queriam criar um loteamento naquela reserva.

 

Fotógrafo Jomar Costa com a simpática apresentadora de TV Laine Valgas, dando total apoio ao Outubro Rosa



Publicado em 03/10/2019 - por Margarida Clésio Moreira dos Santos

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif