Coluna Evolke - Edição 675

 
Nocaute na obesidade 
 
Foi dada a largada em nosso projeto contra a obesidade. Nossa primeira reunião já aconteceu e vamos entrar com tudo nesse projeto, visando sempre a saúde dos participantes. 
Os treinos acontecerão aqui na Evolke, supervisionados sempre por um profissional da Educação Física e com acompanhamento nutricional. O projeto não visa lucro algum para a Evolke, o que será cobrado é somente a dedicação dos participantes e a vontade de “vencer”. Nos sentiremos realizados ao ver vidas mudando e a atividade física se tornando um hábito e não algo momentâneo, pois é muito comum pessoas alcançarem objetivos estéticos e largarem a vida saudável.
 
O que você precisa saber sobre obesidade
 
A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal e pode acarretar graves problemas de saúde e levar à morte.
A obesidade é diagnosticada através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), quando o resultado fica entre 18,5 e 24,9 kg/m2, o peso é considerado normal. Entre 25,0 e 29,9 kg/m2, sobrepeso, e acima deste valor, a pessoa é considerada obesa.
Conforme a magnitude do excesso de peso pode-se, de acordo com o IMC, classificar o grau de obesidade do paciente em: obesidade leve, moderada, grave ou mórbida. Essa classificação é importante na escolha do tipo de tratamento, quando deve ser clínico ou cirúrgico.
A obesidade é fator de risco para uma série de doenças. O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.
A obesidade pode, também, mexer com fatores psicológicos, acarretando diminuição da autoestima e depressão.
São muitas as causas da obesidade. Em uma pessoa geneticamente predisposta, os maus hábitos alimentares e o sedentarismo precipitam o desenvolvimento da obesidade. Algumas disfunções endócrinas também podem levar ao desenvolvimento da obesidade. Por isso, na hora de pensar em perder peso, procure um especialista.
Para o tratamento da obesidade, médicos podem usar fatores de risco e outras doenças para terem a noção da gravidade da situação do paciente. Por exemplo, apneia do sono, diabetes mellitus tipo 2 e arteriosclerose são doenças que indicam a necessidade de uso de medicamentos da obesidade já em pacientes com sobrepeso (IMC 25 - 29,9 kg/m2).
A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos ricos em gordura e açúcares, precipitam o aumento do número pessoas obesas, em todas as faixas etárias, inclusive crianças.
 
Nosso projeto começa na segunda-feira (11). Ainda há algumas vagas. Se você deseja participar, nos procure na Evolke que teremos um prazer enorme em te ajudar nessa caminhada, que sabemos ser tão difícil. 
 
 
 
Depoimento do aluno
 
A Evolke é um lugar com profissionais competentes. Depois de uma cirurgia complicada, pensando na minha saúde e bem-estar, voltei para a Evolke sabendo que seria o lugar certo para treinos diferenciados. Ao Léo e a todos os colaboradores, meu muito obrigada, por existirem e fazerem parte da minha vida! Amo fazer parte dessa equipe!
 
Mônica Quadros


Publicado em 07/02/2019 - por Leonardo Rosa

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif