Editorial - Edição 660

 

Democracia fortalecida

 

Domingo (7) foi o dia em que escolhemos nossos representantes para as mais diversas áreas da política estadual e nacional. A maior vitória desta primeira etapa eleitoral foi o fortalecimento da democracia. Esse preceito deve ser exaltado por todos, a começar pelos dois candidatos que concorrem à presidência e os dois candidatos ao governo do estado que alcançaram o segundo turno. Agora, cabe a Bolsonaro, Haddad, Merisio e Moisés respeitarem as diferenças, além de deixarem de lado a agressividade que ameaçou a harmonia no seio das famílias, no ambiente de trabalho, e separou amigos de longa data.

A eleição de domingo parece ter avançado em termos de conscientização, citando as ruas praticamente limpas ou a ausência da tradicional distribuição de combustíveis, como se via em outras campanhas eleitorais em troca de votos. Mesmo assim, ainda temos muito a avançar. O exemplo foi a eleição para a escolha do presidente da Câmara Municipal de Palhoça, que aconteceu na segunda (8). Ânimos exaltados, discussões acaloradas dos dois lados, acusações de compra de votos e até ameaças, como nunca se viu na história das eleições para presidente da Câmara. Um alerta, pois acreditamos que toda e qualquer mudança começa por baixo, e se queremos um Brasil com uma democracia forte, com políticos honestos, devemos começar por casa, dando exemplo em nosso município.

Uma lição que levamos é que o cidadão precisa se envolver com a política não apenas em época de eleições. Precisamos fiscalizar, mitigar e protestar. Só assim o recado será dado: o povo facilmente não será mais ludibriado!



Publicado em 11/10/2018 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg