Gastronomia - Edição 665

Dica de evento: Wine Festival na Pedra Branca

Pela primeira vez, a Grande Florianópolis recebe o Wine Festival Pedra Branca, um grande festival de vinho que reúne em um só lugar: música, degustação de vinhos, experiências com harmonizações, workshop e gastronomia. O evento acontece nesta sexta (16) e sábado (17), no Edifício Atrium e na área externa, onde acontecerão atividades ao ar livre e gratuitas na praça do Passeio Pedra Branca.
O evento já conta com o apoio da Associação Empresarial de Palhoça (ACIP), Unisul, Associação Brasileira de Sommelier de Santa Catarina (ABS), patrocínio da Cidade Pedra Branca e é uma realização da empresa de eventos com vinhos Check-in 4 Wine. Os ingressos podem ser comprados no site: www.winefestivalpedrabranca.com.br

 

Coxa de Pato Confit

A gastronomia francesa é pródiga em muitas situações e acaba sendo um referencial para o mundo inteiro. Com séculos de uma rica história em todos os aspectos, o preparo da comida não poderia ficar de fora e o tema desta edição é o preparo da coxa de pato seguindo a técnica de “confitar”, ou seja, preparar a carne na sua própria gordura. O resultado é um prato muito saboroso, onde a carne é tenra e cheia de sabor.

Ingredientes (para quatro pessoas)
Quatro coxas de pato, que serão temperadas com sal e pimenta do reino e guardadas cobertas na geladeira por, pelo menos, 12 horas - tempo para o tempero penetrar na carne até o osso.
Gordura de pato o suficiente para cobrir inteiramente a carne. Se não tiver, a alternativa é a banha de porco.

Modo de preparo
Depois da fase de tempero, hora de preparar a carne, que vai em uma travessa coberta com a gordura e protegida por papel alumínio. Coloque sua temperatura de forno na mais baixa possível e asse por três horas e meia. Desligue e deixar esfriar naturalmente. Na hora de finalizar, retire a gordura, deixando o suficiente para que ela asse mais um pouco ainda na baixa temperatura e ganhe uma cor dourada. Retire com uma espátula com bastante cuidado, porque a carne estará quase desmanchando de tão macia.
Sirva com um purê simples de batata baroa e um pouco de farofa. Nada muito relevante para não tirar o protagonista da proteína que levou tanto tempo para ficar pronta.

Harmonização
No campo dos vinhos, um Pinot Noir é um coringa para esse tipo de prato, assim como também a casta Tannat do Uruguai ou a Malbec da Argentina. Se for de cerveja, as famílias IPA e APA combinam bem, já que este preparo não leva adocicados.

PS: O colunista tem no seu portfólio uma opção de Festival de Pato, com cinco movimentos, onde o Pato Confit é o prato principal, ideal para atendimento a grupos com oito a 20 pessoas (serviço empratado).



Publicado em 16/11/2018 - por Marcos Heise

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif