Palavra do Leitor - Edição 675

Obra de escola parada
É uma vergonha. Sou moradora nova do Bela Vista e não consegui vaga para meus dois filhos - um para o sétimo ano e uma do segundo ano. E agora?! O que vou fazer? Deixar meus filhos sem escola, com uma estrutura desse tamanho parada? Vergonha!

Bia Martins Ferraz  
(Pelo Facebook)

 
Obra de escola parada II
O colégio ficou lindo! Eu trabalho lá. Falta pouca coisas pra finalizar. Dizem que vai abrir no mês de março. Agora, se vai mesmo não sabemos!

Daniel Faena  
(Pelo Facebook)

 
Obra de escola parada II
Colégio sem professor e alunos e eu tentando colocar a minha filha na escola perto da minha casa. Tendo vaga e eles não querem dar a vaga. Essa é a Palhoça que moramos!

Michel Borges  
(Pelo Facebook)

 
Obra de escola parada III
Palhoça continua sendo terra de ninguém, onde não existem regras ou lei e se pode fazer tudo! Nessa região do bairro Bela Vista há muitos terrenos abandonados com mato alto e muita sujeira. Atrás da escola existe uma obra, apartamentos em construção e a cada chuva as ruas no entorno da obra ficam tomadas de barro por dias...

Ana Silva  
(Pelo Facebook)

 
Briga entre barqueiros e motonautas
O jet-ski realmente é perigoso. Precisa ter uma fiscalização. Mas este ano presenciei uma cena onde um barqueiro simplesmente jogou o barco em cima das pessoas que estavam atravessando a pé. Quando o povo começou a gritar para eles terem cuidado, uns três barqueiros começaram a gritar: “Seus pobres, pão duro. Sai da frente que nós vamos passar, seus mãos de vaca”. Eles estão se sentindo os donos da praia. A praia é pública e para todos.

Debora Motta  
(Pelo Facebook)

 
Briga entre barqueiros e motonautas II
Claro que pode atravessar o rio de jet-ski! Quem falou o contrário não sabe o que fala! O problema é que muitos acham que são donos do mar e são os que mais poluem.

Fabiano Silva  
(Pelo Facebook)

 
Briga entre barqueiros e motonautas III
Espero que o jornal Palhocense faça uma reportagem séria e sem incitar violência, como já vi em outras páginas na internet. O rio é navegável, mas a situação ali passou dos limites. Os caras chegaram apavorando e tinha muita gente na água, além dos barcos cheios. Faltou um diálogo. Não precisava chegar a este ponto. Mas estou vendo muita gente postando besteiras por aí.

Jece Pereira  
(Pelo Facebook)


Falta de luz
O problema não é só pelo temporal. Toda semana em Palhoça, pelo menos no meu bairro, sempre às terças e quartas ficamos mais de 13 horas sem luz. Isso acontece há quatro semanas. E a Celesc nem aí pra nós.

Kel Corrêa  
(Pelo Facebook)



Publicado em 07/02/2019 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif