Acip e Banco da Família articulam parceria

Intenção é oferecer microcrédito aos palhocenses

5070f57fb7b0d4c48b8849d369d272c1.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

A Associação Empresarial de Palhoça (Acip) e o Banco da Família deram início ao processo para estabelecimento de uma parceria na qual a entidade será captadora de operações do Banco da Família, que atende exclusivamente o microcrédito. O ponto de partida foi dado em reunião de diretoria da Acip, da qual participaram a presidente do Conselho do Banco da Família, Isabel Baggio, e o conselheiro Carlos Eduardo de Liz.

O ponto de partida será uma sondagem prévia em Palhoça e região para que seja levantado o potencial de aceitação dos produtos financeiros que fazem parte da carteira da instituição - que, na realidade, é uma Organização da Sociedade Civil e Interesse Público (Oscip). Com base nesta avaliação de potencial de mercado, a Acip fará o treinamento de captadores e as operações poderão ser iniciadas.

O presidente da Acip, Marcos Cardoso, demonstra todo o seu entusiasmo pelo projeto: “Temos localidades aqui no município com carência de oportunidades de pequenos negócios e a chance dada pelo Banco da Família supre uma lacuna que as instituições financeiras de grande porte não conseguem atender. O componente social e de acesso à cidadania faz toda a diferença, pelos cases apresentados”.

O diretor Institucional da Acip, Valdir Tomazzi, responsável pela aproximação com a instituição, que tem sede em Lages (SC), acha que existe um espaço considerável para a absorção dos recursos do Banco da Família. “Eles emprestam recursos para que não têm acesso e isso fará toda a diferença em comunidades mais carentes de Palhoça, tais como a Frei Damião”, observa.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif