Arteris participará de audiência sobre mobilidade

Evento acontece na Câmara de Vereadores de Palhoça, no dia 7 de novembro

1591442dfd91473a526c5534aacd0656.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Após reunião com comitiva de vereadores na sede da Autopista Litoral Sul/Arteris, em Joinville, André Bianchi, diretor superintendente da empresa concessionária, confirmou a participação de representantes da Litoral Sul na audiência pública sobre mobilidade urbana, marcada para o dia 7 de novembro, às 20h, na Câmara de Vereadores de Palhoça.
Na manhã da última quinta-feira (18), a comitiva reuniu-se com a diretoria e corpo técnico da Arteris para tratar dos problemas de mobilidade urbana enfrentados diariamente pelos palhocenses e para convidar pessoalmente representantes da empresa a participar da audiência pública. Participaram da reunião os vereadores Luciano Pereira (PSB), Marquinho do Pacheco (PEN), André Xavier (PR) e Elton Quadros (MDB). Eles foram recebidos por André Bianchi, pelo coordenador de Engenharia da Autopista, Marcelo Possamai, e pelo gerente de Investimentos, Juarez Cordeiro. No decorrer do encontro, que durou mais de duas horas, a equipe da Arteris fez questão de dirimir todas as dúvidas dos vereadores, com explanação sobre cronograma, projetos em estudo e em andamento e esclarecimentos sobre as demandas de Palhoça.

Bianchi forneceu vários dados sobre fluxo de veículos, número de acidentes, principais causas de congestionamentos, investimentos, custos, planejamento para terceira pista e cronogramas de projetos em estudo e em andamento que estão sendo analisados junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Para o vereador Luciano Pereira, que está organizando a audiência pública, a confirmação da participação da concessionária é essencial para o sucesso do encontro na Câmara de Vereadores. “Tenho certeza que a audiência sobre mobilidade urbana será uma oportunidade para todos os envolvidos e a população tratarem do problema com a seriedade e a clareza que o tema merece. Vivemos um caos diário no trânsito, a situação está insustentável, e a população não aguenta mais. Somos muito cobrados por isso, e essa é a hora de prestar contas ao povo de Palhoça e Grande Florianópolis, e esclarecer a situação, para que as ameaças de medidas mais drásticas, como protestos com fechamento da BR, não se concretizem”, explicou o vereador Luciano Pereira.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif