Bala: reforma urgente para escola cívico-militar

Unidade escolar vai funcionar em prédio inacabado no Bela Vista

72680361e38c77f76a0f2b784e2d2c0a.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

O vereador João Carlos Amândio (Bala, PSD) visitou esta semana as instalações da Escola Ângelo Cascaes Tancredo, no Bela vista, que, segundo o governo do estado, deve receber, a partir de 2020, o modelo cívico-militar, com 1,2 mil alunos do município. 

Bala disse, na tribuna da Câmara, que ficou estarrecido com o que viu: instalações danificadas, vidraças quebradas, pichações nas paredes e o mato tomando conta de toda a área.

Por essa razão, o vereador, através do Requerimento nº 0220/2019, fez aprovar em plenário, o envio de um expediente ao governo do estado de Santa Catarina, pedindo informações sobre a situação da referida escola e providência urgentes para resolver o problema, já que estamos a poucos meses do início do ano letivo de 2020. 

Bala justificou seu pedido, em virtude da falta de vagas na rede escolar de ensino estadual no município de Palhoça. A escola ficou à mercê de vândalos por mais de dois anos, sem que o estado tomasse qualquer providência. “Seria necessário uma vistoria para que, no dia em que fosse aberta, a escola pudesse estar em perfeitas condições de receber os alunos”. 

“Em julho, a Secretaria Estadual de Educação, em resposta a uma indagação feita na Câmara de Vereadores, sobre o mesmo assunto, informou ‘que a referida escola está aguardando aditivo para a conclusão da obra...’ O pior que já se passaram quatro meses e esse aditivo ainda não saiu e minha preocupação é se o estado vai ter tempo hábil para refazer tudo o que foi destruído em pouco mais de dois meses”, afirmou Bala.



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif