Palavra Palhocense - Beleza-com-proposito

Beleza com propósito

Modelo Elizama Aguilar teve uma história de vida marcada por dificuldades, mas superou tudo e hoje é miss Palhoça na franquia Miss Brasil Mundo

c44dcef6c5b6a655cb4cae82f8ebf41a.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO
 
Na última edição, o Palhocense mostrou aos leitores quem é a bela nutricionista que vai representar Palhoça no concurso Miss Santa Catarina, em julho, em Florianópolis (acesse o link goo.gl/Zx6FJC e saiba mais sobre a miss, Vanessa Lodi). Nesta edição, convidamos os leitores a conhecer a modelo Elizama Aguilar, moradora do São Sebastião que foi eleita miss Palhoça em abril e vai participar do concurso Miss Santa Catarina Mundo, no dia 22 de setembro, em Balneário Camboriú. E na próxima semana, um colírio para as mulheres: vamos mostrar quem é o mister Palhoça, Yuri Branco.
 
Elizama e Yuri vão representar o município na seletiva estadual do Miss Brasil Mundo, uma franquia que completa 60 anos de tradição, chancelada pelo CNB (Concurso Nacional de Beleza) e coordenada em Santa Catarina pelo reconhecido Luiz Bozzano; uma franquia prestigiada, que costuma projetar carreiras internacionais no mundo da moda. O evento de setembro deve reunir cerca de 90 candidatos no Centro de Convenções do Hotel Sibara Flat, em Balneário Camboriú. E Palhoça estará muito bem representada.
 
A modelo Elizama Aguilar nasceu em União da Vitória (PR), e há três anos trocou o sul do Paraná por Palhoça. Fechou o salão de beleza que mantinha na cidade natal e mudou-se para Santa Catarina. "Vim na cara e na coragem", relembra. Depois de trabalhar em salão de beleza e shopping center, decidiu iniciar o curso de Direito na Unisul, na Pedra Branca, e se dedicar à carreira de modelo, que ela havia deixado de lado depois de perder a seletiva de Porto União (que faz divisa com União da Vitória, na fronteira de SC com o PR) para Nayara Guimarães, em 2015 - Nayara viria a ser eleita miss Santa Catarina naquele ano. "Eu tinha desistido da carreira de modelo, de miss, porque fiquei decepcionada. Este ano decidi voltar, porque achei que era meu melhor momento, que estava preparada, mais madura, com um corpo mais legal", explica.
 
Parece ter sido uma decisão acertada. No dia 14 de abril, em um evento realizado no Celebrate Park, em Santo Amaro da Imperatriz, onde foram escolhidas as misses de Palhoça, São José e Florianópolis, Elizama superou as concorrentes e foi eleita pelos 11 jurados do concurso para representar a cidade que a acolheu três anos atrás. Foi uma mudança importante na vida da jovem, então com 18 anos. "Já tive muita dificuldade, já fui embora de casa, já passei fome, já dormi na rua, já tive que pedir ajuda. Minha história de vida não é nada fácil, agora que está melhor", revela. Os problemas familiares foram superados com esforço e determinação. Mas ela não esquece que, quando precisou, alguém estendeu a mão em solidariedade. Por isso, sempre foi engajada em projetos sociais. Em Palhoça não é diferente. "Faço muito projeto social na cidade, procuro estar sempre ajudando o município, não só levo a faixa, a beleza representando Palhoça, eu também procuro me envolver com a comunidade", explicou a miss, em visita recente ao presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Fábio Coelho (Fabinho, Progressistas), em seu gabinete.
 
Fabinho se comprometeu a auxiliar no que fosse possível, principalmente construindo  uma agenda com o prefeito Camilo Martins. Tudo para ver mais uma vez a beleza palhocense encantando o mundo - em 2015, Sabrina Meyer foi eleita miss Santa Catarina e ficou em segundo lugar no Miss Brasil, na conceituada franquia Miss Universo. "Isso é ótimo, Palhoça vem sendo muito bem representada", comentou o vereador. "Eu vou levar o nome do município para este concurso estadual, e se eu ganhar (e eu quero muito ganhar), vou para o Miss Brasil também", projeta a miss Palhoça.
 
Enquanto se prepara para o concurso, Elizama segue envolvida com os projetos sociais. "Esses dias, fui no Brejaru levar uma doação para uma família que estava precisando, foi bem emocionante", recorda. Junto com outras misses e misters da Grande Florianópolis, organizou uma ação destinada aos moradores de rua da região. O grupo de voluntários está recebendo doações para fazer a "Galinhada do Bem". A comida será distribuída junto com cobertores e agasalhos aos moradores de rua. Ela já viveu na pele o drama de não ter onde dormir e sempre estará disposta a ajudar. "Sempre tive a proposta de ajudar o próximo, mesmo eu passando por necessidade", reflete. "E a proposta do concurso é o da beleza com propósito, não é só ter uma faixa, nosso concurso tem todo um lema, que é fazer bem ao próximo, então a gente tem que ser miss com projeto social, ajudando pessoas, essa é a finalidade", finaliza.


Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg