Beleza tatuada

Moradora da Pedra Branca, Thaís Linhares Pacheco vai representar Palhoça no concurso Miss Tattoo Floripa

cf76a5d0b0ab4f1f30cb4876999d2369.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

A moradora da Pedra Branca Thaís Linhares Pacheco vai representar Palhoça no concurso Miss Tattoo Floripa, uma das tradicionais atrações da 5ª edição da Expo Tattoo Floripa, entre os dias 17 a 19 de agosto, em Florianópolis.
Engana-se quem pensa que a competição segue as regras dos tradicionais concursos de beleza. Em avaliação, muito mais do que o conjunto da beleza, estão a postura, a quantidade de tatuagens, o estilo, a desenvoltura com o público e na entrevista com os jurados.

Ao todo, 25 mulheres irão participar da edição 2018 do Miss Tattoo, com as mais diversas idades, estilos e lugares do país. “Não existe um padrão pré-definido de beleza, o que procuramos é alguém que mostre que a mulher tatuada também pode ser elegante e empoderada”, explica a organizadora do concurso, Cláudia Dalpiaz. O corpo de jurados será composto por Taís Fava (Miss Tattoo 2017), Ester Alves (Wonder Girls), Nilton Medis (Cultura Rock) e Kakau Corset (loja de corsets).

Thaís tem 20 anos; nasceu em Florianópolis, mas foi criada em Palhoça. E sempre curtiu tatuagens. “Sempre fui apaixonada e sempre quis ser modelo, então uni o útil ao agradável”, revela.

A primeira tatuagem veio no aniversário de 18 anos, uma homenagem a uma banda. Hoje, já são 11 tattoos. “As que eu gosto mais são a caveira da coxa e o LL com coração, uma homenagem ao Lucas Lucco”, comenta. A história do carinho com o cantor e ator Lucas Lucco “é longa”. Começou em 2013, e no ano seguinte, ela conseguiu conhecer o ídolo. “Tenho duas tattoos pra ele e pretendo fazer a terceira. No último show dele aqui, eu realizei meu maior sonho, que era ser chamada por ele no palco”, relembra. Thaís conta que chegou cedo e ficou na grade, bem em frente ao placo montado para a festa Endireita, organizada por estudantes da UFSC. Ela e os amigos chamaram a atenção do artista para uma das tatuagens, no punho. Funcionou! “Ele viu e me chamou”, recorda.

Em 2017, Thaís foi à Expo Tattoo Floripa pela primeira vez e foi “tela” do tatuador Victor Costa, que veio de São Paulo especialmente para a convenção. A tatuagem, uma cartomante desenhada na lateral da coxa direita, media cerca de 50 centímetros e exigiu 14 horas seguidas de trabalho até ficar pronta. O trabalho foi recompensado: a tattoo recebeu o segundo lugar na categoria “neo tradicional”. “Este ano vou tatuar com ele de novo, o cara é muito fera”, elogia.

 

Saiba mais

A 5ª Expo Tattoo Floripa ocorre entre os dias 17 e 19 de agosto, com a participação de mais de 500 artistas e diversas atrações ao público

Os ingressos antecipados podem ser adquiridos na loja Civetta Tattoo Suply por R$ 30 ou R$ 15 + 1kg de alimento não perecível



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg