Campeão nos Estados Unidos visita academia em PH

Ulisses Andrade, fisiculturista que mantém o canal Maromba na Gringa, interagiu com atletas e teve tempo de conhecer a Guarda do Embaú

9a83f18101eab2d3494b974c84d7ff0e.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Se depender do encantamento nesta primeira visita, o fisiculturista Ulisses Andrade vai incluir Palhoça na lista de cidades que considera como “lar”. Mineiro de Poços de Caldas, Ulisses vive em Nova York, nos Estados Unidos, desde 2004 e há muitos anos pratica o “bodybuilding”, mas foi somente há dois anos que ele entrou para o mundo das competições. O brasileiro mantém um canal no YouTube, o Maromba na Gringa, e foi através deste canal que Rogerio Silva e Flávia Mafra fizeram amizade com o fisiculturista e o convidaram para visitar Palhoça.
Ulisses chegou ao Brasil no dia 18 de outubro e foi direto para São Paulo, onde participou da feira Brasil Trading Fitness Fair. Foi um ótimo termômetro da popularidade do canal, que existe há três anos e conta com 41 mil inscritos. “Na feira, todo mundo me parava, vinha conversar comigo. Até me surpreendi, porque minha vida é tão corrida lá nos Estados Unidos e eu não tinha essa noção da proporção que isso está tomando. Foi demais, a reação da galera, é muito doido, muito legal, gratificante”, comenta Ulisses. No Maromba na Gringa, o atleta mostra como é a vida dele nos Estados Unidos, desde o cotidiano do trabalho na construção civil até a rotina do fisiculturismo, com seus treinos exaustivos e muita dieta. Suas dicas servem tanto de aprendizado quanto de motivação para quem está começando a dar os primeiros passos no universo do fisiculturismo. “Isso aí não tem preço, é o que eu quero. Se motivar dez pessoas já está valendo a pena”, acrescenta Ulisses.
Até os mais experientes se identificam com o canal. É o caso do casal Rogerio e Flávia, multicampeã que deixou sua marca no halterofilismo e no fisiculturismo. Eles entraram em contato com Ulisses e fizeram o convite. Ulisses topou. Foi sua primeira vez em Santa Catarina. Ele chegou em Palhoça no dia 31 de outubro e participou de um treinão aberto na academia Mafra, no Jardim Eldorado, no dia 2 de novembro. “Foi um treino de portas abertas, encheu a academia e eu troquei ideia com a galera”, relembra.
Além dos treinos, Ulisses também teve tempo de fazer um pouco de turismo na região e ficou encantado com a Guarda do Embaú. “Nossa, que paraíso. Agora eu chego nos Estados Unidos naquele frio de novo, e já já tem neve. Mas eu voltarei, me apaixonei por esse lugar”, projeta.
No retorno aos Estados Unidos, Ulisses vai começar a se preparar para disputar o New York Pro, em maio do ano que vem. É uma das competições mais prestigiadas do bodybuilding internacional, “perdendo” apenas para o Mr. Olympia e o Arnold Classic. Ele conquistou o direito de se tornar um profissional ao vencer o campeonato nacional, o North American, e agora vai buscar uma nova vitória no Pro, o que garantiria vaga no aclamado Mr. Olympia. “É a Copa do Mundo pra nós”, compara. Sua categoria é a Classic Physique, que seria uma categoria “intermediária”, entre o Men’s Physique (que tem um apelo mais estético) e o Men’s Bodybuilding (homens mais fortes, musculosos e definidos). “É uma categoria mais clássica, uma cinturinha mais fina, um shape menorzinho, mais encaixado. Tipo o Arnold Schwarzenegger tinha, eles estão resgatando aquela linha bonita que tinha antes, porque os caras hoje estão uns monstros”, avalia Ulisses. Quem sabe Palhoça tenha dado sorte ao atleta e na próxima visita ele já apareça por aqui ostentado o título de mister Olympia?

 



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg