Palavra Palhocense - Carros-na-contramao-perigo-no-loteamento-firenze

Carros na contramão: perigo no loteamento Firenze

Flagrante: em poucos minutos de sobrevoo, drone do jornal Palhocense flagrou alguns apressadinhos na contramão no acesso pela marginal da BR-101

c69ff9feb95d06ee7e39995591143052.jpg Foto: DAVI JOÃO/DRONE JPP

Texto: Isonyane Iris

A falta de atenção _ ou, em alguns casos, a "esperteza" _ dos motoristas que trafegam pela marginal da BR-101 no sentido Norte, em direção ao loteamento Firenze, no bairro Pachecos, tem feito com que muitos acessem a área pela contramão, colocando em risco a vida de motoristas e pedestres. Ao entrar pela marginal, os motoristas encontram a rótula de saída do loteamento, mas para economizar a distância até a próxima entrada, que fica a poucos metros, muitos preferem entrar na contramão, arriscando provocar um acidente.

Os moradores próximos afirmam que as pinturas na via e as sinalizações só servem de "decoração", pois a maioria dos motoristas que querem acessar o loteamento entram na contramão diariamente, sem nem se preocupar com os riscos que essa manobra pode fazer. "Ninguém respeita, a maioria entra por aqui e em alta velocidade. Já teve várias colisões por causa desses espertinhos. Eles tinham que estreitar essa rua, porque só a faixa pintada não está servindo para nada", sugere José Carlos da Silva, funcionário de uma empresa próxima ao local.

O local é bem sinalizado. A pista é pintada, logo, um motorista atento percebe que se trata de uma rua de sentido único, de saída do loteamento. O problema é que a entrada para esta área industrial fica um pouco mais à frente, e para não ter que ir até lá, muitos preferem "dar uma olhadinha e entrar na contramão".

A solução, na opinião de alguns motoristas, seria transformar a rua em pista de mão dupla. Segundo eles, facilitaria a vida de todos e evitaria que o acesso fosse feito na contramão. "Quando fizeram essa rua, não pensaram em quem vinha da BR-101, pois esse acesso é mais perto e é contramão, deixando a próxima entrada a quase um quilômetro. Confesso que dou uma olhadinha e entro na contramão, para não ter que ir até lá embaixo. Sei que é perigoso, mas para a gente, que trabalha com entregas, o tempo é nosso inimigo", justifica um motorista, que obviamente preferiu não se identificar.

Várias colisões e até atropelamentos já aconteceram por conta dos motoristas que entram na contramão. Um problema que, segundo a população próxima, precisa de soluções imediatas, antes que alguma tragédia aconteça. "Aqui é uma área onde a maioria é empresa, então o correto seria terem pensado no melhor acesso ao loteamento, ou seja, assim que sai da BR-101 o motorista não deveria encontrar uma saída do loteamento, e sim, uma entrada. Mas já teve vários acidentes e até hoje não mudaram, espero que eles não estejam esperando uma tragédia acontecer", reclama Francisca Correa dos Santos.

A Prefeitura informou que o setor responsável por organizar o trânsito no município vai promover uma análise técnica da situação, buscando uma solução que melhore o fluxo de veículos no local.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg