Palavra Palhocense - Coluna-policial-edicao-629

Coluna Policial - Edição 629

Com a PM nas ruas, população vive dias de paz

1d9ebf65843cde3526fbca5fc84c3bc4.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Dienifer Leite

 

Com a PM nas ruas, população se sente mais segura


Na última sexta-feira (2), a Polícia Militar iniciou a Operação Ferrolho em toda Santa Catarina. Foram quase 1,5 mil policiais patrulhando as ruas no estado inteiro, com o objetivo coibir o tráfico de drogas e o contrabando de armas, além de minimizar as mais variadas ações criminosas em território catarinense. Em Palhoça, desembarcaram quase 100 policiais, que atuaram em vários bairros, como a Ponte do Imaruim, o Centro e o Frei Damião. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e a cavalaria também se uniram ao patrulhamento no município.

No final de semana, foram registradas novas ações ostensivas de repressão ao crime, com foco em áreas onde há indícios de tráfico de drogas. Dezenas de policiais militares desembarcaram na Ponte do Imaruim e no Caminho Novo. Drogas e dinheiro foram apreendidos. Além disso, um adolescente, flagrado com maconha pronta para ser vendida, foi encaminhado para a delegacia de polícia!

A PM contabiliza inúmeros resultados positivos com a ação deflagrada: aumento da sensação de segurança entre a população, quase nenhuma ocorrência e mais proximidade entre a polícia e a comunidade! A população percebeu o esforço da Polícia e agradeceu. “Parabéns, há anos não via a Ponte do Imaruim tão segura como ontem à noite, bastante militares patrulhando o bairro, outros verificando os alvarás dos comércios noturnos, um bom efetivo na frente da base, e a bandidagem teve que procurar outro lugar. Foi uma das poucas vezes que consegui sair de casa à noite, a pé, sem ser incomodado por usuários de drogas e sem ver nada de anormal nas ruas. Parabéns ao 16° Batalhão, e que a operação seja rotineira. A população só tem a agradecer, pois quanto maior o efetivo na rua, maior a sensação de segurança”, comentou o morador da Ponte do Imaruim Marcelo do Nascimento.

Ainda na Ponte do Imaruim, a população também comemora a demolição de um antigo posto de gasolina, que vinha sendo utilizado como “residência” por moradores de rua e usuários de drogas. Alguns moradores das imediações do posto se reuniram para protestar e pressionaram por providências. A manifestação surtiu efeito. “Isto tudo que conseguimos até agora, é resultado de união de moradores junto aos que podem nos representar, cumprindo assim a burocracia estipulada por todos os que vivem em sociedade. Se querem mudanças, comecem por si mesmos... Estejam junto, incentivando e reivindicando direitos da maneira mais correta. Agir, acima de tudo, e não somente criticar. Quem quer fazer, procura e quem procurar com afinco, consegue. Estou bem feliz por não fazer parte deste grupo que somente reclama, não faz e critica quem tenta”, desabafou a moradora Eliane Glanzel Alves Machado, que participa ativamente do movimento por segurança no bairro.

 

 

PRISÃO (1)

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, unidade coordenada pela delegada de Polícia Civil Raquel de Souza Freire, apreenderam uma arma de fogo ilícita em uma residência na rua Engídia Dovina Martins, no Caminho Novo, na quinta-feira (1). Os policiais foram até o bairro para localizar e apreender um adolescente que atua no tráfico de drogas naquela localidade. Durante a aproximação dos policiais, o adolescente fugiu, invadindo residências vizinhas. Outras pessoas que estavam com ele no momento da chegada da Polícia também fugiram. No local da fuga, os policiais encontraram, abandonado no terreno de uma casa, um revólver calibre 38, da marca Rossi, municiado com cinco cartuchos intactos. As operações policiais vão continuar acontecendo no Caminho Novo, com o objetivo de localizar armas, apreender adolescentes com mandado de busca e apreensão e prender criminosos foragidos da Justiça.

 

PRISÃO (2)

Policiais civis da DIC de Palhoça prenderam um homem de 26 anos no Jardim Eldorado, na segunda-feira (5). Quando foi abordado, ele se identificou com o nome de um familiar, mas os policiais o reconheceram. O homem cumpria pena em regime semiaberto na Colônia Penal Agrícola de Palhoça e fugiu na tarde de 28 de agosto; desde então, era considerado foragido.

 

PRISÃO (3)

Policiais civis da DIC de Palhoça apreenderam um adolescente de 16 anos no Caminho Novo, na sexta-feira (2). Havia contra ele um Mandado de Busca e Apreensão de Adolescente, expedido no dia 15 de janeiro pela Vara da Infância e Juventude da Comarca de Palhoça.

 

PRISÃO (4)

Uma adolescente de 18 anos foi detida por policiais da DIC na localidade conhecida por “Baixada”, na Ponte do Imaruim, na terça-feira (6). Havia contra ela um Mandado de Busca e Apreensão de Adolescente expedido no dia 11 de janeiro pela Vara da Infância e Juventude da Comarca de Palhoça.

 

 

 

ASSALTOS FRUSTRADOS

Dois assaltos foram frustrados por policiais militares que estavam de folga nos últimos dias. O primeiro aconteceu na rua Prefeito Reinoldo Alves, a geral do Passa Vinte. Um policial militar trafegava com seu carro pela rua, no sentido Pedra Branca, quando dois homens em uma Honda/CG 125 pararam a motocicleta em frente ao veículo, desceram e anunciaram o assalto, aos gritos de “Perdeu! Perdeu!”. Os dois estavam armados.

O policial tomou o cuidado de proteger uma mulher que estava no banco do carona antes de reagir, sacando a pistola e atirando contra os bandidos. O condutor da moto fugiu, e o outro assaltante tentou revidar os disparos, mas a arma não funcionou. Então, ele fugiu a pé, ainda com a arma em punho, e foi perseguido pelo policial, que conseguiu acertá-lo; mesmo caído, o criminoso ainda tentou disparar contra o policial. O Samu foi chamado para socorrer o bandido baleado, que foi transferido de helicóptero para o Hospital Regional de São José.

A outra ocorrência foi na Ponte do Imaruim, na noite de sexta-feira (2). Um policial militar aproveitava a folga para fazer compras em um supermercado quando um homem armado anunciou o assalto. O bandido foi rendido e preso pelo policial. A “arma” utilizada era um simulacro (arma falsa) e foi apreendida.

 

DROGAS

Na semana passada, policiais do 16º BPM fizeram importantes apreensões de drogas no município. Uma das ações aconteceu no Frei Damião, no dia 28, envolvendo a Agência de Inteligência e o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT). Uma mulher foi presa e com ela foram apreendidos mais de sete quilos de maconha, além de crack e cocaína. Uma arma de fogo e 42 munições de diversos calibres também foram encontradas durante a operação!

Um dia antes, a Agência de Inteligência e o PPT já haviam apreendido outros quatro quilos de maconha e detido um traficante.

 

 

PROERD

Na última quinta-feira (1), os policiais do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) realizaram uma reunião técnica pedagógica com representantes das escolas de Palhoça, a fim de apresentar o planejamento anual do programa em 2018. Cada representante escolar assinou um protocolo de intenções entre as instituições. O evento aconteceu no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Palhoça, na Ponte do Imaruim.

Na solenidade, os policiais do Proerd apresentaram os dados do programa em 2017; as metas e ações pretendidas para 2018; as escolas que serão atendidas e em qual semestre letivo; as datas das formaturas; a certificação concedida aos educadores participantes do programa no 5º Ano; e orientações da participação dos demais profissionais da educação, como parceiros do Proerd. Em 2018, o programa completa 20 anos de atuação no estado, sendo que neste período já formou mais de 1,3 milhão de alunos.

Durante o evento, o tenente-coronel Jacob Quint Neto, comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar, enfatizou o tripé fundamental para termos uma sociedade mais segura: a educação, que engloba escola, pais e policiais do Proerd; os trabalhos preventivos realizados pela PM (atividades de visitas comerciais, o programa Rede Catarina de Proteção à Mulher e outras mais); além do trabalho policial repressivo, necessário no cotidiano social.

 

 

LANTERNAS

O 16º Batalhão da Polícia Militar, em Palhoça, recebeu das mãos de Naida Freitas, representante da Federação de Triathlon de Santa Catarina, a doação de 17 lanternas para utilização no serviço policial militar!



Galeria de fotos: 8 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg