Coluna Policial - Edição 651

Tiros são disparados contra casa de policial

86ad0da67d4be7dcb37c9b80be3a9a44.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Por: Dienifer Leite

 

DISPAROS DE ARMA DE FOGO

Na madrugada de domingo (5), cerca de nove disparos de arma de fogo atingiram a residência de um policial militar na Barra do Aririú. Quatro tiros atingiram as paredes da casa. Foram encontradas nove cápsulas de pistola calibre 9mm no local. Ninguém ficou ferido na ação dos criminosos. Os suspeitos estavam em um veículo Fiat/Uno, de cor prata, e a PM empreendeu operações durante a semana para capturar os criminosos que realizaram atentados contra agentes e prédios públicos em toda a Grande Florianópolis.

 

PRISÃO (1)

Na tarde de terça-feira (31), policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, unidade coordenada pela delegada de Polícia Civil Raquel de Souza Freire, prenderam uma mulher de 32 anos em uma residência situada no Passa Vinte. Ela é integrante da organização criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC) e estava residindo em Palhoça. Havia contra ela um Mandado de Prisão Preventiva pelo crime de Associação para o Tráfico de Drogas, ordem judicial em abril pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau. A moça foi encaminhada primeiro ao Presídio Feminino de Florianópolis, e depois, ao Presídio de Itajaí.

 

PRISÃO (2)

Na tarde de segunda-feira (30), policiais civis da DIC de Palhoça prenderam um homem de 36 anos no Brejaru. Ele é suspeito de ser integrante da organização criminosa Primeiro Grupo Catarinense (PGC) e de estar exercendo a função de “disciplina” nas comunidades Brejaru e Frei Damião. No instante da abordagem, ele tentou apresentar falsa identidade. Ele já respondia por roubo majorado pelo emprego de arma e pelo concurso de agentes, receptação e associação criminosa e teve a prisão preventiva decretada pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Araranguá em dezembro do ano passado. Agora, vai responder também por falsa identidade.

 

PRISÃO (3)

A Polícia Civil de Santa Catarina, através do SIC-DPCo Palhoça, efetuou na segunda-feira (6) o cumprimento de mandado de prisão de um homem acusado pelo crime de homicídio duplamente qualificado, ocorrido na Passagem do Maciambu, há 14 anos. Ele havia sido condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Palhoça à pena de 15 anos de reclusão, em regime inicial fechado.

 

DROGAS

A Polícia Civil prendeu um rapaz em flagrante no Caminho Novo, por tráfico de drogas, na tarde de quinta-feira (2). Já havia um mandado de prisão preventiva contra o rapaz, que possuía diversas passagens por tráfico quando menor. Um adolescente que possuía dois mandados de busca e apreensão por tráfico de drogas também foi detido na mesma operação.

 

DROGAS E ARMA

Na manhã da última quinta-feira (2), policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Palhoça, após receberem denúncias, prenderam dois homens em flagrante, no Frei Damião, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

As guarnições da Agência de Inteligência (AI) e do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) se deslocaram até a residência denunciada. Lá, encontraram um homem, que alimentava um cavalo e se identificou como proprietário do imóvel. Dentro da residência foi localizada uma faca suja de maconha, dois rolos plásticos usados para embalar drogas e a quantia de R$ 1.198 em espécie.

Nos fundos do pátio, havia uma escada que dava acesso ao telhado da residência vizinha, onde foram encontradas uma pistola Taurus, calibre 380, com três carregadores, 11,5 quilos de maconha, 65 gramas de cocaína, 145 gramas de crack e duas balanças de precisão. O dono desta residência não soube informar a origem do material encontrado em seu telhado, e relatou que o vizinho subia no telhado diariamente.

No pátio foi encontrado também um pé de maconha com aproximadamente um metro de altura.

Diante dos fatos, a dupla foi encaminhada para Delegacia de Polícia Civil de Palhoça, para os devidos procedimentos legais.

 

COMANDANTE É HOMENAGEADO

Na noite de segunda-feira (6), em sessão ordinária da Câmara de Vereadores, o comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Palhoça, tenente-coronel Jacob Quint Neto, recebeu a “Moção de Parabenização” pelo excelente serviço prestado à comunidade na condução da negociação com os grevistas na liberação de combustível destinado a atender os serviços públicos essenciais de Palhoça, juntamente com os demais agraciados da noite.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg