Coluna Policial - Edição 670

Polícia Civil faz operação contra facção criminosa

c6d6a5c64b32c412bb994128a171158e.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

OPERAÇÃO CONEXÃO 3

Na manhã de terça-feira (18), cerca de 150 policiais civis, com o apoio do canil da Guarda Municipal de Florianópolis, cumpriram 41 ordens judiciais expedidas pela Vara Criminal da Região Metropolitana. Os alvos da Operação Conexão 3 foram lideranças e integrantes de uma organização criminosa criada dentro do sistema prisional de Santa Catarina e que atua principalmente no tráfico de drogas em diversas cidades do estado.
Foram 41 ordens judiciais, entre mandados de prisão temporária e mandados de busca e apreensão em Palhoça, Florianópolis, São José, Joinville, São Francisco do Sul, Camboriú, Chapecó, Curitibanos e Vargeão.

Ao final, foram presos nove suspeitos, sendo que o alvo principal e principal liderança dessa facção criminosa foi preso no Presídio de Chapecó. As outras prisões ocorreram em Palhoça, Florianópolis (2), Curitibanos e São Francisco do Sul, e outros três no sistema prisional.
A Operação Conexão 3 foi uma continuidade das Operações Conexão 1 e 2 desencadeadas também em 2018. Nessas duas fases, cerca de 90 integrantes desse grupo criminoso foram indiciados em inquéritos policias de 2018, os quais já respondem a processos na Justiça.


OPERAÇÃO BROKEN BOX

Mais de 200 policiais civis e militares, sob coordenação da Central de Investigação do Continente da Polícia Civil, realizaram na manhã de sexta-feira (14) a operação “Broken Box”, com o objetivo de desarticular e combater a ação das facções criminosas que frequentemente atuam na região da Grande Florianópolis. Foram cumpridos 50 mandados de busca e apreensão e 25 de prisão temporária expedidos pela Justiça que resultaram na prisão de 12 suspeitos em Palhoça, Florianópolis, São José e Biguaçu. Também foram apreendidos R$ 30 mil, que teriam origem ilícita do tráfico de drogas.

O delegado João Fleury, que coordenou a operação, destacou que ela só foi possível “após complexo trabalho investigativo repleto de indícios da autoria e de materialidade, com provas dos crimes de integrar organização criminosa, tráfico de drogas e porte e/ou posse de arma de fogo de grossos calibres”. “Diante disso, a Justiça expediu os mandados em desfavor de locais suspeitos e dos principais líderes da região, que foram identificados e apontados no inquérito”, afirmou.
A denominação da operação faz referência a uma comunidade que vem sofrendo com a impiedosa ação dos criminosos na região continental da Capital, popularmente denominada de “Morro da Caixa”. 


CONDECORAÇÕES

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou, na manhã de sexta-feira (14), no Centro de Ensino da Corporação, na Capital, a solenidade de formatura do Curso de Formação de Cabos (CFC), com promoção e entrega de condecorações a policiais militares.
Durante a solenidade, 28 policiais militares receberam a medalha do mérito policial militar “Coronel Lopes Vieira”, destinada a homenagear oficiais e praças que se distinguem por ato ou trabalho excepcional, no exercício da profissão, em prol da corporação ou da coletividade. Um dos agraciados foi o tenente-coronel Jacob Quint Neto, comandante do 16º Batalhão da PM (BPM), sediado em Palhoça.

O soldado do 16º BPM Thiago Ribeiro foi homenageado por sua promoção à graduação de cabo, em razão de ato de bravura ocorrido no dia 13 de setembro de 2017. O policial estava de folga e frustrou a ação de um grupo de criminosos que realizava um assalto em um supermercado na Guarda do Cubatão. O soldado foi até o estabelecimento fazer compras e percebeu um crime de roubo em andamento. Imediatamente, foi em direção aos autores do crime, se identificou como policial e ordenou que soltassem as armas. Os homens não acataram a ordem e apontaram as armas para o soldado, que reagiu em legítima defesa própria e de terceiros e fez disparos que culminaram em troca de tiros, resultando em um criminoso morto. Os demais envolvidos no crime acabaram fugindo.


PRISÃO DE FORAGIDO

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, unidade coordenada pela delegada de Polícia Civil Raquel de Souza Freire, prenderam um rapaz de 28 anos no Jardim Eldorado. Ele havia deixado a Colônia Penal Agrícola do Bela Vista para uma saída temporária de sete dias em janeiro e era considerado foragido.



Galeria de fotos: 4 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO DIVULGAÇÃO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif