Bazar beneficente da Aline Martins

Variedade de artigos, bons preços e solidariedade

e0b2919a166fa3721933eb801b4c0c27.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Há três anos, a cabeleireira palhocense Aline Martins vem lutando contra o câncer. Uma luta que envolve sacrifícios, privações e muito dinheiro. Para ajudar a financiar o tratamento, Aline está organizando algumas ações e conta com a solidariedade dos palhocenses. Uma das ações foi a criação de uma vaquinha online, publicada nesta quarta-feira (12). A outra é a realização de um bazar na tarde deste sábado (15).

O bazar começa às 15h (o encerramento está previsto para as 22h) e será realizado na garagem da empresa Art Social Aluguel de Trajes, que fica na rua Tenente Francisco Lehmkhul, número 139, no Centro de Palhoça - próximo à academia BioFitt e ao Café Paris; vai haver uma placa no portão indicando o local do bazar.
O evento vai oferecer mais de mil peças novas e seminovas que terão preço entre R$ 2 e R$ 120, inclusive peças de grife. “As bolsas mais caras, importadas, que são bolsas com valores de R$ 800, que eu ganhei, são novas e estão com etiquetas”, conta Aline. “Vão ser muitos vestidos bons, muitas roupas boas, novas, com etiqueta. Tem vestidos de formatura, mais chiques, e vestidos para as festas de final de ano”, relata.

O bazar vai contar com uma grande variedade de opções a preços muito acessíveis. Além de vestidos e bolsas, há itens como móveis, louça, aparador, porta-vinho, sapatos, bijuterias, eletroeletrônicos e utilidades domésticas, de marcas importadas e nacionais, como Vizzano, WJ e Luiza Barcelos. A cada hora, haverá reposição dos produtos, ou seja, vai ter bons produtos em oferta o dia inteiro.

Também haverá um café, com comercialização de cupcakes, água e refrigerante. Cartões de crédito e débito serão aceitos para o pagamento das compras e a prestação de contas da campanha será divulgada nas redes sociais, como o Facebook (aline.martins). “Eu tenho que agradecer muita gente, se eu for mencionar todo mundo, dá uma folha inteira do jornal. Mas queria agradecer às Lojas Weiss; ao pessoal da Pedra Branca, que contribuiu muito; pessoal do jornal Palhocense, da Art Social, por ter cedido o espaço; familiares e amigos”, diz Aline, que é filha do célebre músico e poeta palhocense Alcides França, o Cidão.

A cabeleireira precisou se afastar das atividades profissionais em função da doença. A batalha começou em 2015, quando descobriu um agressivo câncer de mama. O tratamento com quimioterapia e radioterapia durou mais de um ano. O salão de beleza que comandava foi vendido para custear o tratamento.

Em 2017, para evitar metástase, passou por uma cirurgia para a retirada dos ovários. Entre biópsias, mastectomia, cálculos renais, foram pelo menos 13 cirurgias desde a descoberta do câncer. Em 2018, após sentir fortes dores nas pernas, foi diagnosticada com metástase óssea. O câncer voltou na bacia, onde os exames revelaram três tumores, e na coluna lombar, onde um tumor de tamanho considerável pressiona sua medula, o que faz com que sinta dores fortíssimas.

Ela vinha fazendo marmitas para vender e mais uma vez teve que abandonar as atividades por causa da dor e por risco de fratura na vértebra afetada (L4), o que pode inclusive paralisá-la da cintura para baixo, além de outras perdas de funções. O tratamento para metástase óssea é caro, não é oferecido pelo SUS, e ela não pode esperar por uma ação judicial. “Muita coisa o SUS não repassa, e meu plano de saúde é por coparticipação, as faturas vêm bem altas”, declara. Por isso, a mobilização em busca de apoio financeiro. 

Maiores informações podem ser obtidas pelo WhatsApp, nos números: 99954-4827 ou 99688-0113.

Clique e acesse a vaquinha online!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif