Nova fiscalização em comércios de ferro velho

Prefeitura encontra irregularidades

c56439675135152459ae3b6ff38c5df2.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/COMUNICAÇÃO/PMP

Na manhã de quinta-feira (15), a Prefeitura realizou uma nova operação integrada para fiscalização em comércios de reciclagem de produtos automotivos, os chamados “ferros-velhos”, para exigir que as empresas cumpram a legislação de funcionamento. A ação ocorreu por meio da Secretaria de Segurança Pública, em parceria com a Polícia Militar, agentes de trânsito, fiscalização de tributos e postura, Fundação Cambirela do Meio Ambiente (FCam), Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária.

Foi verificada a procedência de peças e veículos para desmanche. As irregularidades mais encontradas foram empresas funcionando de forma inadequada, sem alvará de funcionamento, ocupando terrenos baldios, vias públicas, calçadas, dificultando a mobilidade e o deslocamento de pedestres. Poucos estabelecimentos apresentaram alvarás sanitário e de funcionamento.

Mesmo após as notificações emitidas na última operação, realizada em julho, ambientes insalubres foram flagrados, com carcaças de veículos e peças expostos a céu aberto, representando risco à saúde pública pelo acúmulo de água e por servir de moradia para roedores, cobras e larvas do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de dengue, zica, chinkungunya e febre amarela. Ao todo, cinco estabelecimentos foram interditados nos bairros Caminho Novo e Aririú, além do recolhimento de veículos, limpeza e manutenção de via pública. “Os munícipes pediram providências e os órgãos de fiscalização responderam imediatamente”, ressaltou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Silveira de Sousa, um dos coordenadores da fiscalização integrada.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif