Palhoça Menos Lixo prepara mutirão histórico

Ponte do Imaruim foi o local escolhido para ações ambientais no Dia Mundial da Limpeza, em 21 de setembro

b983b4c58eccdba0a6266985752204fc.JPG Foto: NORBERTO MACHADO

Os idealizadores do projeto Palhoça Menos Lixo estão organizando um mutirão na Ponte do Imaruim para marcar a passagem do Dia Mundial da Limpeza (World Cleanup Day), que vai mobilizar milhões de voluntários em 170 países no dia 21 de setembro.
É o segundo ano consecutivo que o projeto participa do Dia Mundial da Limpeza. Aliás, foi justamente às vésperas do evento que o Palhoça Menos Lixo foi criado, em 2018. A primeira ação realizada foi um mutirão de limpeza na Praia do Sonho, reunindo várias entidades que trabalham com atividades voluntárias, especialmente voltadas ao meio ambiente. Este ano não vai ser diferente. Além do recolhimento do lixo, a ação vai contar com atividades para crianças, jovens e adultos, voltadas à conscientização e à educação ambiental; além de oficinas e palestras com os temas “sustentabilidade”, “meio ambiente” e “descarte adequado de resíduos”. “É o maior ato de cidadania, onde as pessoas se unem ao redor do planeta por uma única causa, a limpeza do nosso planeta”, comenta o estudante de Gestão Ambiental Leonardo Quint, um dos fundadores do projeto, que este mês completa um ano de atividades voluntárias.
Uma dessas atividades foi realizada justamente na Ponte do Imaruim, onde os voluntários do projeto já haviam feito um mutirão na comunidade da Baixada, em junho, em parceria com alunos do colégio Ivo Silveira, e retiraram do local aproximadamente cinco toneladas de resíduos. “Escolhemos a Comunidade da Praia, na Ponte do Imaruim, por ser uma comunidade que sofre em recorrência com o descarte irregular de resíduos, com esgotamento sanitário a céu aberto, e também por possuir uma certa vulnerabilidade social”, explica Leonardo.
Para a comunidade local, será um dia especial. “Esta ação vai ser de extrema importância, pois vai impactar a sociedade. Contamos com vários voluntários e parcerias para tornar o evento grande”, comenta a presidente do Grupo de Projetos da Associação dos Pescadores da Ponte do Imaruim, Valéria Pinheiro. “A ação será importante para a associação, pois trará essa proximidade com a comunidade. Já para a comunidade, é importante porque vai mostrar a realidade e conscientizar as pessoas a terem mais cuidado com nosso planeta”, acrescenta.
Valéria conta que a mesa diretora e associados estarão trabalhando junto com o voluntariado, tanto na parte de coleta de resíduos, quanto na parte de coordenação do evento, na divulgação e fechamento de parcerias. “Infelizmente, muitas pessoas descartam lixo ali na região de forma irregular, trazem de carrocinha ou até mesmo de caminhãozinho e deixam o lixo ali. Já encontramos de tudo, de garrafas pet a pneu, de sofá e vaso sanitário. Acredito que as pessoas irão se assustar com a quantidade de resíduos que será retirada e espero que sirva como conscientização para que as pessoas se tornem ‘fiscais do meio ambiente’ e não deixem mais que isso ocorra, assim, cuidamos do que é nosso para um mundo melhor”, expressa Valéria.
O Dia Mundial da Limpeza terá a parceria de diversas entidades, como Polícia Militar Ambiental, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Projeto Tamar. “É o maior ato de limpeza de nossa cidade, por envolver diversas instituições privadas, públicas e do terceiro setor”, diz o ativista.
Para quem deseja participar do mutirão, o ponto de encontro será na rua Trinta e Dois, número 60. O projeto disponibiliza luvas, sacos plásticos e máscaras aos participantes, com o apoio de coordenadores. Quem não puder participar da coleta pode unir-se à turma de voluntários posteriormente, no processo de triagem e contabilidade dos resíduos. Os dados coletados serão enviados à organização mundial do evento. “Nesta mesma data, também iremos celebrar o Dia da Árvore. Antes mesmo do evento acontecer, já é a maior ação de limpeza da história de Palhoça e acreditamos que a maior de Santa Catarina, haja vista a quantidade de instituições parceiras confirmadas. O Palhoça Menos Lixo veio para mostrar que, com muita vontade, energia, amor pela cidade e comunidades, muito pode ser feito”, observa Leonardo.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif