De técnico novo, Bugre abre returno com empate

Guarani não saiu do 0x0 com o Juventus, em Palhoça

bf79b2c1ef7aa30a403e1e7f6222b5da.JPG Foto: NORBERTO MACHADO

O Guarani literalmente começou uma vida nova na Série B do Campeonato Catarinense. Nesta quarta-feira (11), no primeiro jogo do returno, diante do Juventus, a equipe teve um novo comandante: o técnico Luis Carlos Cruz, que está de volta ao clube. Vida nova, velhos erros: o time não conseguiu sair do 0x0, e vai ter que melhorar muito se quiser manter as chances de voltar à elite estadual em 2019.

A mudança no comando do time principal foi anunciada na manhã de segunda-feira (9). Sérgio Ramírez, que esteve à frente do Bugre no primeiro turno da Série B, assume a coordenação de futebol do Guarani, desde a base até o profissional. E quem vai liderar a equipe à beira do gramado é o técnico Luis Carlos Cruz, que recentemente levou o Cascavel Clube Recreativo à primeira divisão do Campeonato Paranaense. “Estou feliz em retornar a uma casa que conheço bem e poder reencontrar profissionais com quem já trabalhei, amigos e atletas. Muito feliz por esta oportunidade de estar disputando a segunda divisão do Catarinense, um campeonato difícil, onde já temos um semifinalista (Camboriú), e ainda restam três vagas. O desafio é grande, são nove jogos em 27 dias, contra equipes boas. Vamos viver o jogo a jogo, buscar pontuar sempre. Temos uma competição que merece todo nosso respeito e foco, pela qualidade e busca de outros times tradicionais. Gostei do convite e fiquei muito feliz e honrado”, avaliou Cruz, na volta ao clube.

O Bugre fechou a primeira fase com uma vitória por 3x2 diante do Almirante Barroso, domingo (8), em Itajaí, com dois gols de Bassani e um de Vitor. Aquela foi apenas a segunda vitória da equipe, que terminou o turno em oitavo lugar na tabela de classificação, com oito pontos somados em nove jogos. Mesmo com a campanha ruim, o Guarani ainda emplacou um jogador entre os 22 destaques do primeiro turno: o volante Xavier.

O novo treinador esperava uma vitória em casa já neste primeiro jogo do returno, até porque costuma dizer que “nossa casa é um lugar que tem que ser sagrado”. Ou seja: só a vitória é admitida dentro do Estádio Renato Silveira. Porém, o Juventus dificultou as coisas, e o Bugre não saiu de um indesejado 0x0.

O próximo compromisso do Guarani será no sábado (14), às 15h30, em Blumenau, diante do BEC.

 

Valorização da base

A primeira mudança com a chegada do técnico Luis Carlos Cruz foi a valorização da base. Sete atletas profissionalizados da equipe sub-17 iniciaram os treinos com a equipe profissional: o goleiro Marcos Teixeira, o zagueiro Pedro, o lateral-direito Khellven, os volantes Sandro e Diogo, e os atacantes Moisés e Brayan. As competições na base sofreram uma parada e retornam somente em agosto.

Os “escolhidos” têm ajudado o clube a manter uma boa colocação na Série A do Catarinense das categorias de base. Com a vitória sobre o Concórdia por 2x0, no sábado (7), pela nona rodada, o Guarani vem em terceiro lugar na categoria sub-15. Na sub-17, a vitória foi por 3x2, e a equipe ocupa a quarta posição na tabela.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: FÁBIO CORADIN/DIVULGAÇÃO/GUARANI DE PALHOÇA NORBERTO MACHADO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg