Diversidade de ações no Movimento Plural

Projeto da Secretaria de Educação já está na terceira edição

8d64955ed2116b7c0e3be20077b88a92.JPG Foto: NORBERTO MACHADO

A Secretaria de Educação está desenvolvendo uma série de atividades educacionais, culturais, artísticas e de recreação dentro da programação da 3ª edição do Movimento Plural pela Educação. O evento conta com a parceria de outras entidades, como a Faculdade Municipal de Palhoça (FMP), e está disponibilizando ao público uma semana de movimentos educacionais, como oficinas, palestras, exposições e diversas apresentações.

A redação do Palhocense acompanhou uma dessas apresentações, na noite de terça-feira (23), no auditório da FMP, quando alunos do Programa de Educação Municipal de Palhoça (Pemp) tiveram a oportunidade de tocar com músicos da Orquestra Acadêmica da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Foi lá, na Udesc, que o coordenador do Pemp, o maestro Maycon de Souza, teve sua formação musical. “Os alunos estão vendo pessoas profissionais, que vivem da música, se apresentando, e é importante essa interação da universidade pública com outras entidades e com a comunidade”, comenta o maestro.

Os integrantes da orquestra da Udesc executaram quatro músicas (entre elas, composições de Antonio Vivaldi e Heitor Villa-Lobos), e depois interpretaram outras quatro obras com a ajuda de alunos do Pemp (orquestra e coral) nas escolas Reinaldo Weingartner (Rio Grande) e Nossa Senhora de Fátima e Antonieta Silveira de Souza (ambas na Guarda do Cubatão). “Gostaria de parabenizar a Prefeitura pelo trabalho que tem sido feito aqui na cidade com as crianças, isso realmente faz a diferença tanto para as crianças quanto para a comunidade como um todo”, avaliou o coordenador da orquestra da Udesc, João Titton.

 

Movimento Plural

No ato de lançamento do evento, o prefeito Camilo Martins citou que toda essa mobilização em torno da educação é muito significativa na formação da cidadania. “A empolgação das crianças, a preocupação dos professores, os trabalhos que conquistam a atenção dos visitantes, as diversas atividades culturais, a participação popular, tudo isso é extremamente positivo”, ressaltou.

Em sua terceira edição, o Movimento Plural tem como tema central “Educação e Família: Uma Articulação Necessária”. Segundo a secretária de Educação, Shirley Nobre Scharf, foi escolhida essa temática pela sua importância, “pois as famílias e a escola objetivam uma educação de qualidade, portanto, precisam trabalhar juntas”. “A Secretaria está buscando sempre qualificar os professores através de formações. Nós chamamos as instituições que fazem e pensam educação no município para juntas fazermos uma semana só de educação, com seminários, oficinas, palestras. A ideia é promover uma semana em que nossos profissionais e acadêmicos estão pensando educação, aquilo que estamos fazendo, refletir realmente sobre a nossa postura em sala, as nossas metodologias. Cada pessoa fazia isso ‘dentro do seu quadrado’, então vamos trazer essas práticas, vamos compartilhar, porque no compartilhar você aprende com muito mais facilidade”, expressa Shirley.

A secretária comemora o fato de que as 43 atividades propostas pelo Movimento Plural deste ano receberam 2.564 inscrições, que partiram de 690 pessoas interessadas em desenvolver a educação. “É isso que está trazendo qualidade à educação no município, que hoje nós temos um Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) mais alto do que o das escolas do estado no município”, comemora a secretária.

O evento conta com a parceria da FMP, Fatenp, Fadesc, UFSC, IFSC, Senac, Conselho Municipal de Educação e OAB/Palhoça, além do magistério do Colégio Ivo Silveira.

 

Exposições

Dentro da programação do Movimento Plural, acontecem, simultaneamente, duas exposições de trabalhos infantis: uma no prédio da Prefeitura, no Pagani, e outra no Shopping ViaCatarina.

A exposição montada no hall da Prefeitura e nos corredores da Secretaria de Educação, no segundo piso, reúne trabalhos de 33 Centros de Educação Infantil (CEI) e 12 instituições parceiras conveniadas, o que envolve cerca de 4 mil crianças, orientadas por mais de 700 professores de Educação Infantil.

Os trabalhos estarão expostos até 26 de outubro. No hall da Prefeitura foi disponibilizada uma tela em branco para que os visitantes registrem suas presenças, através de “registro artístico”, que pode ser um desenho ou uma gravura, por exemplo.

Paralelamente, no ViaCatarina, está acontecendo a Segunda Mostra de Banners, com trabalhos das mesmas crianças que frequentam os CEIs e entidades conveniadas.

Suzana de Souza, coordenadora de Educação Infantil no município, disse que o número de trabalhos expostos este ano é bem superior aos registros nas edições anteriores. “O bom nível dos trabalhos das crianças está surpreendendo a nós da educação e aos visitantes”, disse.



Galeria de fotos: 7 fotos
Créditos: NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO
Tags:
Vídeos relacionados:
Play Apresentação da Orquestra da Udesc com alunos do Pemp

Apresentação da Orquestra da Udesc com alunos do Pemp

Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif