Estudantes russos fazem intercâmbio em PH

Eles treinam com instrutores de manutenção de aeronaves no Senai de Palhoça para o torneio de educação profissional WorldSkills

72728ebe72e2e67c7e7236485ec455ce.jpg Foto: FILIPE SCOTTI/DIVULGAÇÃO

Dois jovens russos e seus técnicos estão em Santa Catarina para se preparar para a WorldSkills Competition, o maior torneio de educação profissional do mundo. Eles estão sendo treinados por instrutores do Senai em Palhoça, para as disputas em manutenção de aeronaves. Nikolay Pilyushenko e Kirill Tiukin vieram acompanhados dos técnicos Norik Khachaturian e Svetlana Markusheva.

Os países que participam da WorldSkills promovem entre si intercâmbio para que os alunos conheçam diversas técnicas ligadas à ocupação que disputam no mundial. A escolha por Santa Catarina se deve ao bom desempenho que os catarinenses mantêm nessa modalidade. "Estamos esperando descobrir novos procedimentos de como agir em vários módulos, cada país tem o seu método de educação, por isso viemos ver e aprender com o Brasil", comenta o técnico Khachaturian. 

Na Rússia, o competidor deve se tornar membro da seleção nacional para participar da WorldSkills, explica Khachaturian. "Os competidores participam dos treinamentos programados em ciclos, que são mais ou menos assim: três semanas de treinamento, uma semana de descanso. Cada um dos competidores tem um diagrama de evolução para os resultados do treinamento. Com base nesses diagramas, fazemos a classificação deles", conta.

Os alunos russos estão sendo preparados pelos professores Rogério Bittencourt e Rodrigo Campos, que ficou entre os melhores do mundo na WorldSkills 2015, realizada em São Paulo. "Eles já treinaram a parte da lataria, estrutural, confecção, simulação de danos e consertos. Também estudaram a parte teórica e prática sobre furação e rebitagem da estrutura. O feedback deles tem sido positivo, gostaram das técnicas que o Brasil desenvolveu para confeccionar os painéis de chapa metálica para a estrutura da aeronave, que é bem diferente do que eles fazem", conta Rodrigo.

Outros estudantes russos virão a Santa Catarina em junho para treinar em manufatura integrada. Essa capacitação será no Instituto Senai de Inovação em Sistemas de Manufatura, em Joinville. Eles também têm ciclos de treinamento programados na Rússia e na Finlândia.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif