Palavra Palhocense - Familia-que-perdeu-a-casa-em-incendio-na-vespera-do-natal-precisa-de-ajuda

Família que perdeu a casa em incêndio na véspera do Natal precisa de ajuda

Moravam na residência, no Bela Vista, 11 pessoas. Veja como ajudar

be4268531e24b04bdd1482c9ecead133.jpeg Foto: ARQUIVO PESSOAL

Texto: Isonyane Iris

Enquanto muitas famílias comemoravam o Natal dentro de suas casas, Clarice de Fátima da Rosa, mãe de seis filhos e moradora do bairro Bela Vista, teve o pior Natal de sua vida, ao perder sua casa e tudo que tinha em um incêndio. O único lar da família foi completamente destruído. Não foi possível salvar nada, nem mesmo documentos ou roupas. Eles perderam tudo o que tinham. A família de 11 pessoas agora mora de favor em uma casa que tem apenas dois quartos. Eles sonham em reconstruir o seu lar, mas no momento não está sendo possível.
Clarisse não estava em casa no momento do incêndio; por sorte, a família estava fora. Segundo relato dos vizinhos, o fogo começou por volta das 3h30 do dia 25 de dezembro, madrugada de segunda-feira de Natal. "Só soube quando cheguei em casa, foi então que um vizinho veio me avisar. Não acreditei na hora, fiquei assustada. Foi muito triste em ver tudo que conquistamos destruído, não deu tempo de salvar nada, queimou tudo", lamenta a moradora.
A casa era tudo o que a família tinha. Clarisse explica que a casa atual era resultado de uma troca que ela fez por outra casa que infelizmente também pegou fogo. "Morávamos em outro terreno, bem maior, mas infelizmente um incêndio também levou tudo e a única chance foi trocar por esse terreno menor, mas que tinha uma casinha já construída", relembra.
Clarisse, que atualmente está desempregada e luta para conseguir uma oportunidade de trabalho, afirma que agora o que resta é correr atrás e reconstruir tudo. "Claro que não é fácil, principalmente para uma família grande como a nossa, mas vamos lutar para reconstruir nossa casinha", acredita.
Na casa moravam Clarisse; seu esposo de 51 anos, que trabalha com reciclagem; seis filhos, sendo dois legítimos e quatro adotivos; além da sogra, da nora e do neto. "Somos em 11 pessoas, uma família bem grande. São cinco crianças e ainda minha sogra e dois filhos meus que tomam remédios controlados", relata Clarisse, mencionando ainda que a família necessita de tudo: roupas, sapatos, móveis, eletrodomésticos, materiais de construção e também comida.

Solidariedade

Ajude essa família com doações. Mais informações pelo telefone 98458-2818, com Clarisse

Sapatos femininos: números 30, 33, 36, 37
Sapatos masculinos: números 39, 40, 41

Roupas femininas: blusa tamanho 10, 12, 14, 16 e G 
Calças tamanho: 8, 33, 34, 38, 42

Roupas masculinas: camiseta tamanho G
Calça tamanho: 41, 43, 44



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg