Goleiro de Palhoça é destaque no Juventus

Garoto da Praia de Fora é titular da equipe vice-líder da Série B do Estadual sub-17

84806ae2ce8397450d4fb0c209747403.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Se tudo der certo na longa trilha através dos desafiadores caminhos do futebol, o goleiro Nathan vai seguir carreira no mundo da bola. Revelado pelo Manchister, um dos principais celeiros de craques de Palhoça, o garoto foi garimpado pelas categorias de base do Juventus e hoje mora em Jaraguá do Sul (SC).

Nathan conta que começou a jogar futebol quando tinha apenas sete anos de idade. Começou no Guarani de Palhoça, mas bem longe do gol; ou melhor: bem longe do próprio gol. Os primeiros passos nos gramados da bola foram no ataque, jogando como centroavante. “Depois, fui passando por diversas escolinhas, indo parar de zagueiro. Aí, meu pai ficou uma fera e disse que eu seria goleiro e me levou para a escolinha da Arena R1, onde joguei meu primeiro campeonato, a Copa Amizade, e fomos vice-campeões”, relembra.

A grande “escola” foi a academia de goleiros DL1, mantida pelo ex-arqueiro profissional Daivison Luiz. “Tive uma grande preparação e um grande salto no futebol”, conta Nathan, relembrando a época em que treinava na DL1. O goleiro ainda fez teste no Pedra Branca Esporte Clube antes de chegar ao Manchister. “Muito grato ao professor Manchinha pelos inúmeros ensinamentos dentro e fora de campo”, destaca.

Em fevereiro deste ano, Nathan fez um teste no Juventus de Jaraguá do Sul e foi aprovado. O time faz boa campanha na Série B do Campeonato Catarinense sub-17. Era o líder, até a última rodada, quando perdeu a invencibilidade em casa (0x3, diante do Fluminense, de Joinville) e acabou sendo superado pelo Concórdia, que assumiu a liderança da competição. “Nosso elenco está trabalhando muito forte para sermos campeões. Apesar da derrota de sábado (13), continuamos com a cabeça erguida”, garante o goleiro.

Com a cabeça erguida e os pés no chão, mas com as luvas apontando para o alto, Nathan sonha em viver do futebol. “Com muito trabalho e esforço, pretendo assinar profissional, ainda”, projeta. Tem tudo para dar certo, mas o “plano B”, já está bem encaminhado. O comportamento do garoto na escola tem sido elogiado, e neste ano ele se forma no Ensino Médio, em Jaraguá do Sul. Quem sabe, com uma medalha de ouro no peito como presente de formatura, para a alegria da família, que mora na Praia de Fora.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif