Ideli lembra a luta pela transferência do pedágio

Candidata ao Senado pelo PT fala da mobilização em 2012

bcb8b32fa682a29fdad9aee35c191972.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Em recente visita ao município de Palhoça, a candidata ao Senado pelo PT Ideli Salvatti lembrou da luta que empreendeu juntamente com a comunidade palhocense, no caso da mudança da praça de pedágio.

A primeira praça de pedágio, construída na BR-101, em Palhoça, dividia o município ao meio, o que obrigava os palhocenses a pagarem pedágio para chegar aos bairros ao Sul do município. A vitoriosa luta pela transferência do local da praça do pedágio, no ano de 2012, foi possível graças à mobilização da comunidade e do apoio da então ministra das Relações Institucionais Ideli Salvatti e do superintendente do Dnit, à época, João José dos Santos.

De acordo com Ideli, houve um período de negociação porque a mudança de local do pedágio envolvia alteração no contrato de concessão com a Autopista Litoral Sul.

A ministra Ideli Salvatti convenceu o diretor geral da ANTT, Ivo Borges, a vir a Santa Catarina para verificar a situação. Após análise, viram que não existiam vias alternativas ao pedágio, pois o Rio Cubatão faz da ponte da BR-101 a única via de conexão entre bairros de Palhoça, o que obrigaria os palhocenses a pagarem pedágio ao se deslocarem entre bairros do município.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif