Licitação conjunta para o transporte coletivo

Implantação de um sistema integrado seria feito através de consórcio

a38119a60c2c94f0d17cd15151b7fb1b.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Na tarde de quinta-feira (22), o prefeito de Palhoça, Camilo Martins (PSD), reuniu em seu gabinete os chefes do Executivo das cidades da Grande Florianópolis para discutir sobre a recente decisão do governo do estado de retirar de pauta da Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 23.3/2018, que aborda as competências para a gestão do transporte público integrado da Região Metropolitana.

A principal decisão do encontro entre os prefeitos Camilo Martins (Palhoça), Adeliana Dal Pont (São José), Ramon Wollinger (Biguaçu), Edésio Justen (Santo Amaro da Imperatriz), Ernei José Stahelin (São Pedro de Alcântara) e Omero Prim (Águas Mornas) foi licitar, por meio de um consórcio, o transporte público da Região Metropolitana da Grande Florianópolis. “O consórcio surge como uma alternativa para garantir a verdadeira integração do transporte urbano entre a Região Metropolitana”, ressalta o prefeito Camilo Martins.

As cidades acordadas também vão convidar oficialmente o governo do estado para participar do projeto, já que as linhas intermunicipais são geridas pelo Deter. “Redigimos um documento direcionado ao estado, que solicita  todos os estudos e projetos elaborados até o momento. Isso vai garantir a agilidade no processo que, agora, será realizado pelos municípios”, completa o prefeito. 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif