Nada como uma viagem de férias

Em palavras e imagens, a saga da família Avila desbravando o Sul da América

df3a3455550ed7b47c4bc87698c10a96.jpeg Foto: ACERVO FAMÍLIA AVILA

Nada melhor do que uma viagem para aproveitar as férias com chave de ouro! E os palhocenses adoram viajar. Vamos narrar duas epopeias distintas: nesta edição, trazemos as imagens e as impressões da família Avila, que desbravou 3.780 quilômetros pela América do Sul a bordo de uma Kombi, carinhosamente apelidada de Fiona. E na edição seguinte, contaremos como foi a travessia da rodovia Transamazônica, que alguns palhocenses completaram de motocicleta, no ano passado.

A família Avila deixou Palhoça após o Natal e retornou na semana passada. “Fiona comportou-se muito bem”, avalia o organizador da expedição, Ricardo Avila. Ao lado da mulher, Silvia; do filho mais novo, Antonio Ricardo Filho, de 13 anos; da filha Iassana, de 23 anos, e seu namorado, Rafael Koerich; Ricardo passou pelo Uruguai (entraram pelo Chuí), pela Argentina e pelo Paraguai, e retornou ao Brasil por Foz do Iguaçu (PR). “Visitamos lugares fabulosos, dentre eles: fazenda Lapataia, onde é produzido o famoso doce de leite uruguaio, e a Casa Pueblo, ambos em Punta del Este; o mercado del puerto e a linda rambla (beira-mar) de Montevidéu; e a maior produtora de erva-mate do mundo, Las Marias, na Argentina. “Tivemos a oportunidade de ver desde a colheita até a embalagem da erva. Neste lugar, nos chamou a atenção a forma como a empresa trata seus funcionários, estimulando-os a estudar, oferecendo moradias dentro da própria fazenda. Lá, os funcionários têm desde tratamento médico e odontológico a clube com piscina e academia”, relata Ricardo.

Ainda na Argentina, a família Avila visitou ruínas jesuítas em San Ignácio. “Um lugar de energia fascinante e rico em retratar a história dos índios guaranis e sua colonização pelos padres jesuítas”, destaca o aventureiro. Além de visitar museus, praias e lugarejos encantadores, os viajantes também aproveitaram para apreciar a culinária local, com pratos curiosos como a pizza com ovo frito inteiro e o chivito uruguaio (lembra nosso bife a cavalo). “Um lugar formidável que estivemos e passamos a noite com a Kombi à beira da praia foi em La Calla, no Chuí. Trata-se de uma praia linda de água doce, às margens da lagoa Mirim, lagoa que chega a 37 quilômetros de largura”, descreve.

Fiona nem sentiu o desgaste da viagem. Fora um rolamento “roncando” na roda dianteira, probleminha resolvido rapidamente, nada mais atrapalhou a viagem. Ou melhor, quase nada. “Passamos um susto no Paraguai quando perdemos nosso pequeno Antonio enquanto estávamos fazendo umas comprinhas. Graças ao Criador, ele foi bem esperto e conseguiu encontrar o estacionamento onde havíamos deixado a Fiona. Fiquei cego, de tão nervoso”, relata Ricardo.

A família mal chegou e já está projetando a próxima viagem, provavelmente com os tradicionais destinos de Bariloche (cidade rodeada por lagos e montanhas na Argentina, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile) e Ushuaia (capital da Terra do Fogo, no extremo Sul da América) no roteiro. “Embora tenhamos mudado o roteiro de nossa viagem, lhe asseguro que foram 20 dias maravilhosos. A viagem foi ótima. Vivemos momentos incríveis e memoráveis. Já estamos sonhando com a próxima. Esperamos voltar para a estrada em breve”, finaliza Ricardo Avila.



Galeria de fotos: 7 fotos
Créditos: ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA ACERVO FAMÍLIA AVILA
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif