Novos caminhos para jovens acolhidos

Programa social vai acompanhar 21 adolescentes em serviços de acolhimento na Grande Florianópolis

98f590dda6e04b178114de515bba1055.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

Garantir estudo e qualificação que proporcione a adolescentes em serviços de acolhimento na Grande Florianópolis uma perspectiva de vida com dignidade e qualidade é o objetivo do Programa Novos Caminhos. Neste ano, 21 garotos e garotas da região vão participar da iniciativa, promovida pela Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (CEIJ/TJSC), juntamente com a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), Ordem dos Advogados do Brasil / Santa Catarina (OAB/SC), Ministério Público de Santa Catarina (MP/SC), Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio).

O Novos Caminhos acompanha individualmente adolescentes a partir de 14 anos e apresenta possibilidade de profissões futuras, oferecendo escolarização, cursos técnicos, profissionalizantes, dentre outros cursos complementares. A ideia é fazer com que esses adolescentes, ao completarem idade para deixar os serviços de acolhimento, possuam qualificação necessária para ingressar no mundo do trabalho e sejam independentes. A inserção profissional pode ser feita na condição de jovem aprendiz, estagiário ou efetivo. “Temos um carinho muito grande por esse projeto, em dar oportunidades a esses jovens que realmente precisam de um estímulo, um apoio. Acho que podemos fazer uma grande diferença na vida dessas pessoas e para a sociedade”, afirma Tito Schmitt, vice-presidente da regional Sudeste da Fiesc.

Os adolescentes terão à disposição cursos ofertados pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Serviços de acompanhamento psicológico também serão oferecidos, assim como visitas a empresas parceiras para que os adolescentes tenham a oportunidade de vislumbrar uma colocação profissional futura.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg