Novos relatos de insegurança no Centro

Rotina de assaltos deixa comerciantes com medo

d3641645d9c240c2e3152ccbb6899dee.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/PM

Texto: Isonyane Iris

Mais uma vez, a insegurança é destaque na nossa edição. Pela terceira semana consecutiva, comerciantes e moradores reclamam dos constantes furtos na região do Centro e confessam estarem assustados com a situação. Desta vez, a suspeita é de que os indivíduos envolvidos não sejam moradores de rua ou craqueiros, como nas outras situações; segundo imagens das câmeras de segurança, as ações parecem ser bem planejadas e os objetos furtados têm valores consideráveis, como o caso de um gerador, que deixou uma empresa com um prejuízo de R$ 40 mil.

“Me sinto desanimada com a falta de segurança. Não durmo mais desde que entraram no nosso estabelecimento e levaram o gerador. Foram mais de três horas furtando sem que a polícia passasse por aqui. Não temos rondas policiais e as câmeras que tinha aqui foram retiradas e hoje só tem monitoramento da praça para lá. Esses bandidos sabem disso, por isso agem aqui, com a maior cara de pau”, lamenta a comerciante.

A ação começou por volta das 2h e terminou perto das 5h30, conforme mostram as câmeras de segurança. Dois indivíduos tentaram cavar um buraco na parede; sem sucesso, eles arrombaram os cadeados e entraram. Tudo com muita calma. Eles bateram foto do gerador, aí chamaram mais três comparsas para ajudar a carregar; um deles apareceu com uma carrocinha de reciclados, que ficou estacionada em frente ao comércio durante toda a ação. “Eles conseguiram entrar exatamente onde o alarme não pega, olharam o gerador, bateram foto dele, chamaram outros, conversaram entre si e então o retiraram junto com computador, impressora, colocaram na carrocinha e foram embora. Como puderam ficar por horas aqui dentro, com uma carrocinha lá fora estacionada, sem que em nenhum momento um carro de polícia passasse por aqui?”, questiona a comerciante. “A impressão é a de que eles conhecem muito bem a nossa rotina e sabem o que temos”, acredita a proprietária, que agora está tendo que pagar um vigia para ficar dentro do estabelecimento.

Um pouco adiante na mesma rua no Centro, outro comércio foi furtado no último final de semana. As filmagens mostram que na sexta-feira (24), um indivíduo fez uma primeira tentativa por volta das 6h15, jogando uma pedra no vidro, mas como não estourou e o alarme disparou, ele foi embora. No domingo, por volta de 1h20, o mesmo suspeito que havia tentado o roubo na sexta-feira retornou com mais dois amigos. Um estava em uma bicicleta e ficou esperando no posto de gasolina próximo dali, e os outros dois chegaram com pedras. Um deles consegue quebrar o vidro. Na mesma hora, o alarme disparou, mas eles entraram no comércio correndo e pegaram uma TV e um massageador antes de fugir.

Na mesma hora em que o alarme disparou, a polícia foi chamada. Pelas filmagens, é possível ver o terceiro homem, de bicicleta, pegando a TV e fugindo. A polícia estava por perto e logo acionou outra viatura, que estava no Caminho Novo e viu o indivíduo passando de bicicleta com a TV, e outro com o massageador. “Um foi pego em flagrante, o outro conseguiu fugir e os objetos foram recuperados, mas nunca mais dormimos”, conta o proprietário, preocupado com a situação, já que em menos de oito meses no Centro, já teve seu estabelecimento arrombado e furtado.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif