Nutricionista representa PH no Miss SC

Garimpada pelos organizadores do evento, Vanessa Lodi escolheu levar o nome de Palhoça à passarela da seletiva estadual

329844c1db5cfd87b8ee03875e5af959.jpeg Foto: ARQUIVO PESSOAL

No dia 28 de julho, Santa Catarina elegerá a mulher e o homem mais belos do estado, que vão representar a celebrada beleza catarinense no Miss e Mister Brasil 2018, em dezembro, em São Paulo. Vanessa Lodi espera estar lá, participando da etapa nacional do concurso. Aos 30 anos, a nutricionista foi escolhida para representar Palhoça na seletiva estadual, que acontecerá no Centro de Eventos Brand, em Florianópolis.

Na verdade, foi ela quem escolheu Palhoça. Comunicativa e muito ativa nas redes sociais, a nutricionista foi garimpada pelo casal Jhol Amorim e Day Padilha, responsável pela realização da etapa do Miss e Mister Brasil em Santa Catarina, para representar uma das cidades da Grande Florianópolis. “Como estou sempre na mídia, nas redes sociais, o casal que é coordenador do Miss SC viu que eu tinha potencial. Como sou nutricionista e eles veem que eu faço trabalho voluntário já há muitos anos, então acharam que eu seria a cara do Miss SC”, relembra. Vanessa podia optar por Florianópolis, Biguaçu ou Palhoça. “Escolhi Palhoça porque gosto de lá, me identifico, tenho muitos amigos lá. Para mim, Palhoça é o melhor lugar, gosto muito do povo, gente trabalhadora”, define.

Há pouco mais de duas semanas, a opção por Palhoça foi sacramentada em um encontro com o prefeito Camilo Martins, em seu gabinete, na sede do Executivo municipal. Vanessa também conversou com o presidente da Fundação Municipal de Esporte e Cultura (FMEC), Júnior Secco, para definir futuras ações sociais que serão realizadas na cidade.

As ações sociais são uma marca do concurso Miss Brasil. Esta franquia, em específico, escolheu como lema “Espalhe amor por onde for”. A ideia do projeto, chamado de “Beleza do Bem”, é levar amor, solidariedade, carinho e partilha a moradores de rua, idosos, crianças e marginalizados. “O tema do Miss Brasil deste ano é um símbolo que quer dizer ‘amor’ em libras, para surdos e mudos”, conta Vanessa. “Eles não querem simplesmente escolher uma miss porque é bonita e tem um corpão, não, eles querem espalhar amor. Então, a ideia é fazer ações sociais e nos doarmos pelos outros”, explica.

A solidariedade é uma virtude que ela já está acostumada a cultivar. A miss Palhoça costuma incorporar personagens das histórias em quadrinhos, como a Mulher Maravilha e a Arlequina, em eventos beneficentes. “Eu visito escolas, crianças com câncer, e eu vou vestida, com o cosplay, porque não tenho vergonha e faço uma grande festa”, descreve a nutricionista, que há sete anos participa do grupo Arautos da Alegria, onde os voluntários arrecadam alimentos e depois se fantasiam de palhaço e visitam asilos e comunidades carentes para entregar as doações. Vanessa levou sua personificação da Mulher Maravilha ao Brejaru, em dezembro, pouco antes do Natal, em uma ação social dos Arautos da Alegria, que já contam com mais de 50 voluntários.

 

Carreira

Vanessa Lodi nasceu em Erexim (RS), e há 10 anos trocou o frio do Sul do país pela qualidade de vida na Grande Florianópolis. Formada em Nutrição pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), na terra natal, em 2009, a bela loira de olhos escuros já participou de algumas propagandas como modelo fitness. “Sempre gostei desta área de comunicação, tenho bastante facilidade, gosto, dou palestra”, relata. Gosta tanto que seu grande sonho é o de ter um programa de televisão. A ideia é fazer um programa que alie saúde e viagem, explorando a gastronomia dos lugares visitados (já que é nutricionista) e também atividades esportivas, que estão sempre intimamente relacionadas com a saúde. “Esporte e saúde, é o que eu mais amo na vida”, destaca.

Vanessa conta que sempre praticou esporte. Desde os mais tradicionais, como vôlei e handebol, até os mais radicais, como paraquedismo e mergulho. Os concursos de beleza também não são novidade. Em 2012, participou da última edição do “Gata Band”, e ficou em sétimo lugar, entre 20 concorrentes. Desta vez, espera um desempenho ainda melhor. Por isso, tem se dedicado com um carinho todo especial à preparação para o Miss SC, em que são avaliados quesitos como beleza, corpo, atuação social e até “melhor torcida”. A miss e o mister SC vão para o Miss Brasil, e os seguintes cinco melhores classificados participarão de um reality show. “Seria superdivertido, imagina”, projeta, entre risos!

E para carimbar seu lugar entre as mulheres mais bonitas de Santa Catarina, Vanessa mudou sua rotina. “Agora tem que fazer toda aquela coisa chique de mulher”, brinca. Cabelo, tratamentos estéticos, maquiagem, tudo é planejado nos mínimos detalhes. Até mesmo a “malhação” mudou. Até definir sua participação no Miss SC, Vanessa pensava em disputar outro concurso, na área de fisiculturismo, na categoria wellness. É uma categoria dedicada a mulheres que preferem desenvolver um físico menos musculoso e esteticamente agradável. Tudo mudou com a proximidade do Miss SC. “No wellness, a mulher precisa ser mais musculosa; não tanto, mas precisa estar mais trincada, e eu acho que para uma miss não é tão bonito. A miss tem que ter as voltinhas dela, mas não tão definidas. E eu deixei um pouquinho esse lado wellness para me concentrar no concurso de miss”, explica.

O resultado será apreciado na passarela, e os palhocenses torcem para que o nome de Vanessa Lodi seja mencionado pelo apresentador do concurso (Lucas Mesquita, o Gavião, do programa Domingo Legal, do SBT) no topo da lista das mais belas mulheres de Santa Catarina.



Galeria de fotos: 3 fotos
Créditos: ARQUIVO PESSOAL ARQUIVO PESSOAL ARQUIVO PESSOAL
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg

Destaques

  • Nenhuma matéria relacionada.