Página de Polícia - Edição 662

PM impede invasão de área de preservação na Praia do Sonho

ce679e588ea75d75fd95c17a7f05fd77.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

DROGAS

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal de Palhoça, e o 16º Batalhão de Polícia Militar desencadearam uma operação policial em combate ao tráfico de drogas na manhã de segunda-feira (22). Os policiais cumpriram 12 mandados de busca e apreensão em residência e cinco mandados de prisão temporária nos bairros: Aririú, Guarda de Cubatão, Passa Vinte e Caminho Novo (maioria dos mandados).

Os alvos vinham sendo investigados pelas práticas de tráfico e associação para o tráfico, além de corrupção de menores.

Além dos presos por cumprimento de mandado de prisão, foram lavrados mais oito flagrantes pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de munição e receptação. Um foragido do sistema prisional também foi recapturado na operação.

As investigações continuam e visam identificar outros envolvidos em diversos crimes praticados no município.

A operação contou com 60 policiais e contou com o apoio das delegacias: Cicon, delegacia de Santo Amaro da Imperatriz, DH da Capital, delegacia de Comarca de Palhoça, Polícia Militar de Santo Amaro da Imperatriz e DPCami de Palhoça.

Foram apreendidos: um quilo de maconha, 234 pedras de crack e um simulacro de pistola; além disso, foram recuperados vários produtos de origem duvidosa.

 

 

INVASÃO CONTIDA

A Polícia Militar conseguiu evitar uma invasão de terra em área de preservação permanente (APP) no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, na Praia do Sonho, na madrugada de sábado (20). 

Na manhã de sexta-feira (19), a PM havia recebido a informação de que um imóvel (que, segundo informações de moradores locais, pertence a uma rede de supermercados) situado às margens do Rodovia Evadio Paulo Broering, na divisa com a Ponta do Papagaio, seria alvo de invasores na madrugada de sábado (20). Após receber a notícia, a PM iniciou um trabalho de inteligência, identificando alguns dos envolvidos, ainda na sexta-feira, e passou a monitorar a situação. “Importante ressaltar que as informações repassadas pela comunidade foram fator de extrema importância para o êxito na missão da Polícia Militar”, comenta o capitão José Júnior Schülter, comandante da 2ª Companhia da PM, que atua nos bairros do Sul de Palhoça.

Segundo moradores da região, o grupo que pretendia invadir a área seria composto por cerca de 150 a 200 pessoas. Na madrugada, confirmou-se a tentativa da invasão. A PM flagrou várias pessoas se deslocando para invadir o imóvel. Com algumas dessas pessoas, os policiais localizaram ferramentas e materiais que seriam utilizados na invasão da propriedade. “Ressalto também a importância e a necessidade da participação da população para otimizar e contribuir com o trabalho de nossas forças de segurança e consequentemente com a paz e a ordem que tanto sonhamos”, observa o presidente do recém-criado Conseg do Entorno Costeiro e secretário-adjunto de Maricultura, Pesca e Agricultura de Palhoça, José Henrique Francisco dos Santos, que destaca, também, a “competência, a vocação e a capacidade técnica do capitão Schülter”.

 

AGRESSÃO A FACA

No início da tarde de sábado (20), a Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de tentativa de homicídio na rua Afonso Pena, no Brejaru. O helicóptero Arcanjo auxiliou na remoção da vítima (um homem sem passagens pela polícia em Santa Catarina, natural da cidade paranaense de Pinhão) para o hospital, devido à complexidade dos ferimentos. Segundo relatos da cunhada da vítima, a possível autora seria a esposa do homem ferido, que teria sido golpeado nas costas com uma faca após uma discussão.

 

 

CORPO ENCONTRADO

O corpo de um homem, em avançado estado de decomposição, foi encontrado em uma área de mangue próximo ao Rio das Ostras, na região do Rio Grande, na manhã de segunda-feira (22). Como o acesso ao local era complicado, o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate do corpo, que se encontra no Instituto Médico Legal, onde peritos trabalham para descobrir as causas da morte, assim como a identificação. Os bombeiros que realizaram o resgate identificaram apenas que se tratava de um homem e ele estava nu; nenhum objeto de valor ou que pudesse ajudar na identificação foi encontrado.

 

PROSTITUIÇÃO

Em maio deste ano, o jornal Palavra Palhocense divulgou uma ação em que a Polícia Civil havia fechado um bar, localizado em uma área residencial no Jardim Aquárius, que estava trazendo muita dor de cabeça aos moradores locais. Moradores da região informaram que o bar havia sido reaberto em setembro deste ano e estaria funcionando novamente como ponto de prostituição; além desse, outros dois bares próximos também estariam incitando a prática.

Segundo informações repassadas por um leitor, seriam três bares no Jardim Aquárius, em uma distância menor do que 500 metros. “A Polícia tinha fechado, até pouco tempo, depois reabriu. O problema é que aos poucos a gente já foi percebendo que começou a prostituição novamente. Não adianta abrirem outro bar, porque o local já é conhecido como ponto de prostituição”, lamenta uma moradora, que preferiu não se identificar. 

“São três bares que incomodam, e a prostituição não tem hora. As mulheres ficam nas calçadas, uma verdadeira zona no meio de famílias. Eles começaram como bar e aos poucos as mulheres começaram a frequentar, logo começou a prostituição. Dá até vergonha de passar por perto”, reclama outro morador. 

Segundo a delegada da Delegacia Regional da Polícia Civil em Palhoça, Beatriz Ribas Dias dos Reis, o local reabriu, mas com outra finalidade, a princípio. “Só vamos saber se vai virar ponto de prostituição com o tempo. No local, é proibido música e o horário de funcionamento até as 22h, apenas. O local está com a documentação regular e se não cumprir as determinações impostas para o funcionamento, será novamente interditado. Vamos fiscalizar, sim”, garantiu a delegada, que ainda destacou que nenhuma reclamação teria sido feita na delegacia até o momento sobre os outros dois bares comentados por moradores à reportagem do Palhocense.

 

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif