Páginas policiais - Edição 654

Polícia prende assaltantes após ação no Aririú

89db05812b8ed35d318b5273de0f8e09.jpg Foto: DIVULGAÇÃO/PM

Cenas de filme policial no Aririú

No dia 25 de agosto, as guarnições do 16º Batalhão da PM, sediado em Palhoça, foram acionadas para atender uma ocorrência de roubo no Aririú. Ao chegar ao local, as guarnições tiveram ciência de que dois homens em uma motocicleta Honda/CG 125 Fan KS, de cor Vermelha, com um pano por cima da placa, haviam acabado de efetuar um roubo em uma farmácia. Enquanto um dos homens esperava na motocicleta, o segundo entrou na farmácia com a arma em punho, amedrontando funcionários e clientes do local.

Os marginais levaram todo o dinheiro do caixa, e segundo relatos, o autor do crime ainda reclamou que havia pouca quantia em dinheiro. Após o crime, os marginais se dirigiram a um outro comércio próximo, onde novamente tentaram efetuar mais um roubo. Acontece que no local se encontrava um policial militar de folga. Ao perceber a ação, ao visualizar um dos criminosos com a arma em punho, o PM conseguiu evitar o crime, atingindo o assaltante com um tiro.

Enquanto isso, o outro marginal tentava fugir do local em alta velocidade. Nesse momento, também transitava na rua um segundo policial militar, também de folga. Ele também percebeu a atitude suspeita e com seu veículo particular tentou impedir a fuga, momento em que o criminoso colidiu em seu veículo e caiu da moto. Tentando ainda sacar uma arma de fogo, apontou em direção ao policial, que também sacou sua pistola e se identificou, momento em que o criminoso arremessou sua arma em um terreno nas imediações e o policial deu a voz de prisão, detendo o marginal.

Depois, já em segurança, o policial pôde perceber que a arma arremessada era uma arma de brinquedo. Com o outro ladrão, foi apreendida uma pistola com numeração suprimida, bem como o dinheiro roubado da farmácia.

 

ASSASSINATO

Na noite desta terça-feira (28), um rapaz de 25 anos foi assassinado com um tiro no peito em uma revenda de automóvel localizada na rua Princesa Isabel, na Ponte do Imaruim. Segundo informações repassadas por uma testemunha, dois homens entraram no estabelecimento, discutiram com a vítima por causa de uma dívida e um deles realizou mais de três disparos de arma de fogo contra o rapaz, que não resistiu aos ferimentos.

 

PRISÃO (1)

No final da tarde de sábado (25), policiais civis da DIC, com apoio de policiais civis da delegacia de Polícia de Palhoça, prenderam um rapaz de 19 anos na rua Jacob Weingartner, no Centro. Havia contra ele um Mandado de Prisão por Sentença Condenatória Definitiva pelo crime de Roubo circunstanciado pelo emprego de arma e pelo concurso de agentes, expedido em julho pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Palhoça. Ele foi condenado à pena privativa de liberdade de seis anos, 10 meses e 15 dias de reclusão em regime inicialmente semiaberto. Ele foi encaminhado à Colônia Penal Agrícola.

 

PRISÃO (2)

Na noite de quinta-feira (23), guarnições do 16º BPM prenderam quatro homens em flagrante na Ponte de Imaruim. Eles haviam efetuado assalto em uma lanchonete no bairro Santo Antônio, em São José.

Por volta das 22h40, a guarnição da Agência de Inteligência (AI) do 16º BPM se deslocou até a divisa entre os dois municípios, onde o veículo em que estavam os ladrões foi avistado, começando assim o acompanhamento. Ao perceber que estavam sendo seguidos, os criminosos tentaram fugir e começaram a atirar com arma de fogo contra a guarnição.

O veículo parou perto de um mangue na Ponte de Imaruim. Dois homens desceram correndo, deixando cair uma pistola Taurus, com seis munições intactas; eles foram detidos, junto com outro suspeito. Um dos homens detidos apresentava uma perfuração na parte superior do pé (foi atingido acidentalmente pelo próprio colega dentro do carro de fuga) e foi encaminhado ao Hospital Regional de São José.

O quarto assaltante conseguiu fugir através do mangue. Mais tarde, os policiais localizaram seu esconderijo, em cima de uma residência, e o detiveram.


PRISÃO (3)

Na manhã de sexta-feira (24), policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, unidade coordenada pela delegada de Polícia Civil Raquel de Souza Freire, prenderam um senhor de 71 anos na Pinheira. Ele foi investigado pela DPCami de Palhoça em 2013, pela suspeita de ter abusado sexualmente de uma criança que na época tinha nove anos de idade. Havia contra ele um Mandado de Prisão por Sentença Condenatória Definitiva pelo crime de Estupro de Vulnerável, expedido no início de agosto pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Palhoça. Ele foi encaminhado para a Colônia Penal Agrícola de Palhoça, onde cumpre a pena estabelecida pela Justiça.


PRISÃO (4)

No início da tarde de segunda-feira (27), policiais civis da DIC de Palhoça prenderam um homem de 21 anos no Brejaru. Ele cumpria pena em regime semiaberto na Penitenciária de Florianópolis e no dia 27 de março, após saída temporária de sete dias, não retornou à penitenciária, passando a ser considerado como foragido. Ele havia sido condenado à pena privativa de liberdade de três anos e 11 meses de reclusão, em regime inicial fechado, pelos crimes de Tráfico de Drogas e Receptação, ocorridos em abril de 2017, no Brejaru.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: DIVULGAÇÃO/PM DIVULGAÇÃO/PM
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg