Palavra Palhocense - Palhoca-de-chuteiras

Palhoça de chuteiras

A cidade se prepara para acompanhar os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia

73eec659b855ec5b8c66cf8ece7c9a50.jpeg Foto: NORBERTO MACHADO

Texto: Isonyane Iris
 
A Copa do Mundo começa nesta semana na Rússia e os lojistas palhocenses seguem otimistas e investindo nos estoques para as vendas de produtos relacionados ao evento; vendas que prometem surpreender. No Centro, alguns comerciantes comemoram um aumento de quase 50% nas vendas; por outro lado, nos bairros, alguns vendedores temem pelo estoque ainda lotado, mas acreditam que os brasileiros estão deixando tudo para última hora.
Este ano, o mês de junho trouxe mais um atrativo aos comerciantes, que, além da
 
Copa do Mundo, têm o Dia dos Namorados e também as festas juninas para alavancar as vendas. Com isso, as lojas apostaram na junção das datas e aproveitaram para oferecer muitas opções aos consumidores.
 
Basta dar uma voltinha pelo Centro que é possível encontrar artigos diversos, como bandeiras, camisetas, copos, cornetas, toalhas, balões e até roupa caipira com as cores do Brasil. “Tem de tudo, é impossível não comprar nada quando a gente entra numa loja dessa. Dá até vontade de sair pela rua gritando pelo Brasil”, afirma dona Leda Raimunda Costa, que no auge dos seus 70 anos se declara uma torcedora fanática pelo futebol brasileiro.
O gerente de loja Phelippe de Morais disse que a expectativa está sendo grande, já que os consumidores têm procurado muito por itens temáticos. “Quanto mais novidade tem, mais eles querem. Por isso, a gente aproveitou para investir em tudo que podia, para oferecer bastante variedade aos nossos clientes. As vendas estão sendo muito boas aqui no Centro, já tivemos uma saída bem maior do que a habitual, calculo algo em torno de mais de 50%”, afirma.
Pelos bairros, o movimento ainda está tímido, mas segundo os lojistas, a realidade começou a mudar nesta semana. “Brasileiro sempre deixa tudo para última hora e mais uma vez não seria diferente na Copa do Mundo. Nesta semana, o movimento está bem maior, por causa do Dia dos Namorados as vendas de camisetas, copos e canecas aumentou muito”, elogia Gabriel de Lima, comerciante do bairro Aririú.

Mesmo com tantas novidades, bandeiras e camisetas ainda têm sido as primeiras opções dos clientes, seja para presentear no Dia dos Namorados ou mesmo para torcer pela Seleção. “Comprei uma camisa da Seleção para meu namorado. Do jeito que ele é fanático por futebol, não tenho dúvidas que ele vai amar o presente”, conta Mikaela Francine Dias.
 
Outro produto muito procurado por conta da Copa do Mundo são os televisores, que, segundo o coordenador de vendas Marcelo Assunção, têm sido o item mais vendido neste mês e com maiores promoções. “Foi só se aproximar o início da Copa que o pessoal já começou a procurar por televisores. Uma curiosidade é que os modelos mais procurados são os com mais de 42 polegadas, ou seja, o pessoal está mesmo querendo ver da melhor forma possível”, revela.
 
As promoções estão para todos os gostos. Tem televisores com quase 30% de desconto do valor habitual. Além disso, as condições estão cada dia mais atrativas e segundo os vendedores a previsão é de que fiquem ainda mais acessíveis nesses últimos dias. “Temos recebidos promoções todos os dias, descontos realmente bons. Uma dica aos consumidores é aproveitar, porque não sabemos até quando vão durar nossos estoques”, alerta Henrique da Silva, vendedor na Ponte do Imaruim.
 
 
 
A paixão pelo futebol eternizada no álbum
 
Algo que tem empolgado muito os torcedores de diversas idades é o famoso álbum de figurinhas da Copa. O encarte, que neste ano veio cheio de novidades, tem movimentado os torcedores palhocenses, que até encontros estão fazendo para trocar figurinhas. No último sábado (9), pela manhã, a Fadesc da Ponte do Imaruim disponibilizou um espaço para que colecionadores se reunissem e trocassem suas figurinhas. Um desses colecionadores é Gustavo Ferreira, 13 anos, morador do Madri, que contaque a paixão passou do seu pai que tem quatro álbuns completos. “Assim que saiu o álbum meu pai comprou e juntos a gente começou a colecionar. Cada figurinha nova eu comemorava, afinal é difícil completar tudo, mas nós estamos quase conseguindo, faltam poucos”, comemora o estudante.

Prestas a completar o álbum, Marília dos Santos Pinho tem apenas 12 anos, mas se considera uma fiel torcedora brasileira. “Estou muito empolgada para esta Copa. Adoro futebol e tenho estudado muito sobre as seleções que vão disputar. Consegui trocar algumas figurinhas repetidas no sábado e agora estou bem perto de completar o álbum. Com certeza vou guardar ele pelo resto da minha vida”, afirma a estudante.
 
Troca-troca
Quem ainda não completou o álbum tem uma oportunidade de ouro neste sábado (16). A Autoescola Transytar vai promover um troca-troca de figurinhas, entre as 10h30 e o meio-dia, com direito a cofee break. A Transytar fica na avenida Rio Branco, número 764.
 
 
 
Veja onde assistir aos jogos da Seleção
 
Para quem ainda não sabe onde vai assistir aos jogos da Copa e gostaria de se unir em uma grande torcida pela Seleção em campo, ou mesmo de ver o desempenho de outras seleções, existem vários lugares em Palhoça que vão estar exibindo as partidas ao público.

Centro
Neste domingo (17), o Vila Barão Food Park, no Centro, vai disponibilizar um telão para a transmissão do jogo do Brasil e o público ainda vai contar com uma programação especial preparada pelo Palhocense. Comandado pelo colunista e árbitro show Clésio "Margarida", o programa “EnVIADO da Copa” vai trazer comentários, entrevistas e muita diversão e interação com o público presente. “Comentários sobre os jogos, a arbitragem e ainda fofocas sobre os jogadores são apenas um pouco do que o público vai ver no nosso programa. Tenho certeza que vai ser um programa bem animado, por isso convidamos todo mundo para estar com a gente na estreia da Seleção Brasileira”, convida Margarida.
Além disso, o programa será gravado e em seguida será disponibilizado nas redes sociais do Palhocense. Para acompanhar o programa, que vai estar presente em diversos pontos de transmissão das partidas da Seleção Brasileira, fique de olho nas redes sociais do jornal e siga o "EnVIADO da Copa".

Pagani
No Shopping ViaCatarina, um telão também está sendo disponibilizado na praça de alimentação. Dessa forma, todos os visitantes e funcionários vão poder acompanhar de perto os jogos da Seleção e as demais partidas da Copa.
“Trabalho bem na frente do shopping, fiquei muito feliz com a transmissão, pois ir até em casa não daria tempo, mas agora sei que as partidas estão garantidas”, conta o auxiliar financeiro Marcelo Ferreira Lopes.

Pedra Branca
Um espaço especial foi preparado também para receber os torcedores e amantes do futebol no Passeio Pedra Branca. "Rua da Copa" foi o título dado ao evento, que promete reunir torcedores de todos os lugares. A inciativa de preparar o Passeio e ainda disponibilizar um telão para que todos pudessem acompanhar o maior campeonato esportivo do mundo é algo que conquistou a torcida. “Aqui sempre é um ótimo lugar, afinal, junta bastante gente e dá para sentir o calor da torcida brasileira. Sem dúvida eu vou vir para cá com a família”, garante Gabriela Corvilha, moradora do Passeio.

Empresas
Até as empresas estão se organizando para que os jogos possam ser acompanhados sem interferir no expediente. No escritório Base Contabilidade, comandado por Marcos Cardoso Canto, presidente da Acip, uma ação foi preparada para engajar os funcionários na torcida pelo Brasil. Além de terem a oportunidade de assistir aos jogos da Seleção no escritório, os colaboradores ainda foram presentados com uma camisa personalizada da Seleção Brasileira. Além disso, os funcionários que usarem a camiseta personalizada nos dias de jogos no escritório e também nas partidas que não ocorrem no horário do expediente e postarem foto vão concorrer a uma televisão. O sorteio do televisor será após o último jogo da Seleção na Copa.

Outros lugares
Lugares como o Gourmet Food Park (Centro), o Divino Gourmet (Aririú) e o Bendito Boteco (Centro) também vão deixar os televisores ligados nos jogos, para que os clientes não percam nenhum lance da Copa. “Com tantas opções, agora não tem desculpa. É só colocar a amarelinha e unir as torcidas pelo Brasil em campo”, convida Luiz da Silva Dias, morador do Aririú, que já confirmou presença com a família no Divino Gourmet.

 
Seleção continua sendo a "pátria de chuteiras"?
Ouvimos opiniões nas ruas sobre mais uma Copa do Mundo

Neste domingo (17), tem a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo na Rússia, mas alguns torcedores em Palhoça parecem estar ainda um pouco tímidos. Sem muita empolgação, os palhocenses explicam que o motivo de tal desânimo seriam as últimas situações vividas no Brasil, que trouxe um certo clima de insegurança para os brasileiros. Por outro lado, torcedores de todas as idades já começam a se preparar para o final de semana, que segundo eles promete aquecer o coração de todos os brasileiros.
 
“Sabemos que desde o ano passado a situação do país tem sido complicada e até desanimadora para todos, mas não existe quem não se emocione quando o Hino Nacional começa a tocar em campo. Tenho certeza que essa Copa vai novamente acender o orgulho de ser brasileiros nos nossos corações”, Franciele Ferreira, moradora do bairro Rio Grande.
 
“Essa Copa parece mesmo estar mais calma, não vejo as pessoas tão empolgadas como nos outros anos, mas acredito que domingo tudo vai mudar. Não é à toa que o futebol é considerado a paixão nacional, afinal, ver a Seleção em campo faz nosso coração bater mais forte, bate um orgulho que contagia todo mundo”, Márcia Torquato, moradora da Ponte do Imaruim.
 
“Na verdade, todas as copas o povo começa meio desanimado e depois do primeiro jogo o pessoal vai começando a se empolgar. Tenho certeza que desta vez vai ser assim novamente, depois de domingo todo mundo já vai estar andando com a camisa da Seleção pela rua", João Carlos Mendes, morador da Ponte do Imaruim.
 
“Impossível esquecer tudo que temos vivido nos últimos anos e dizer que temos orgulho de ser brasileiro. Eu tenho mesmo é vergonha dos últimos escândalos políticos, da falta de respeito com o povo e principalmente do Brasil estar sendo conhecido como o país da corrupção. Não é um simples jogo de futebol que vai apagar tudo isso", Marcos de Souza Silva, morador do Passa Vinte.
 
“É a minha segunda Copa do Mundo e espero que desta vez o Brasil seja campeão. Já ganhei a camiseta da Seleção, estou completando meu álbum de figurinhas e estou bem ansioso para o primeiro jogo, domingo. Quero muito ver o Brasil ser campeão”, Vinícius de Oliveira, 10 anos, morador do bairro Aririú.
 
“Este ano está bem desanimado, nem parece que é Copa do Mundo. Acho que o brasileiro está cansando de viver apenas o futebol e as festas, queremos mesmo é ter orgulho do país. Ter educação, saúde e trabalho de qualidade, sem ser alvo de governantes corruptos", Maria Cristina Pereira, moradora do bairro Pachecos.
 

 

 

Curiosidades sobre a Rússia

 
Além do idioma, a Rússia é um país com grandes diferenças culturais em relação ao Brasil. Tudo já começa pelo clima: embora seja verão, é diferente do que estamos acostumados no Brasil. Lá, a média de temperatura estará no máximo 22°C.
Sobre os hábitos alimentares, na Rússia as pessoas comem bastante. Além disso, os russos costumam comer um pouco mais tarde: lá, o almoço ocorre por volta das 16h. É que, por conta do frio, já é um hábito acordar um pouco mais tarde do que no Brasil.
Na Rússia, quando as pessoas não se conhecem, elas costumam se falar de uma maneira mais formal do que os expansivos brasileiros.
O Natal é comemorado pelos russos em 7 de janeiro, uma semana depois do Ano novo, que é o feriado mais importante do país, quando os russos enfeitam suas casas com decorações tradicionais do Natal, como árvores, pisca-pisca e velas.
Ninguém trabalha durante 10 dias após o Ano Novo, pois é feriado nacional, e essa folga não é incluída nos 28 dias de férias anuais.
A Rússia é o maior país do mundo, duas vezes maior do que o Brasil, ocupando quase 10% da área terrestre.
Existem por volta de 120 mil rios no país. A maioria permanece congelada durante o inverno.
A capital e cidade mais populosa da Rússia é Moscou (foto), com 10,5 milhões de habitantes. É uma das cidades com maior número de bilionários do mundo.
A vodka foi introduzida na Rússia no período 1448-1474. O nome vem da palavra russa para a água: voda.
Os russos mantêm o hábito de receber as visitas com pão enfeitado e sal.
Os russos utilizam o nome do pai como um nome médio e adicionam o vich (filho de) para meninos, ovna ou evna (filha de) para meninas.
Os russos não se cumprimentam embaixo da porta, pois dá azar.
 


Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg