3e1661f837ddbbe2cfeee8ea72ad9b2c.JPG Multicampeão de Bicicross ministra palestra para 270 crianças e adolescentes do Madri

f53109fdbce259b39801fb7647a3629b.jpg Equipe BMX Palhoça conquista 13 medalhas no Catarinense de Bicicross


Palhoça recebe competição de remo indoor

Abertura do 2º Circuito Internacional será neste domingo (31), no ViaCatarina

54c0d4e8cf560d43da9a492cc5ee15cd.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

O ViaCatarina recebe a abertura do 2º Circuito Internacional de Remo Indoor, neste domingo (31). Será a largada para uma série de três etapas. O evento irá reunir competidores de crossfit, clubes de remo e academias em provas divididas nas modalidades: infantil, júnior, master, crossfit, paralímpica e revezamento nas categorias masculina, feminina e mista. A previsão para esta primeira fase é a de reunir mais de 100 competidores. A prova será realizada no primeiro piso do shopping, a partir das 13h45.

O Circuito Internacional de Remo Indoor – Row To Win é o único evento neste modelo realizado na região Sul do país. A primeira edição aconteceu no ano passado e contou com duas etapas: a primeira em Balneário Camboriú e a segunda em Itajaí. Reuniu mais de 200 competidores e atletas conhecidos, como a campeã olímpica Fabiana Beltrame, medalha de ouro no Campeonato Mundial na Eslovênia; Sofia Ibarguren, campeã brasileira pelo clube Vasco da Gama; e Matheus Freitas, também do Vasco, que quebrou o recorde brasileiro nos 1.000 metros e garantiu o segundo melhor tempo do mundo.

Assim como no ano passado, a competição será realizada em uma arena montada com equipamentos ligados em rede, responsáveis por projetar em um telão a competição entre os barcos, garantindo ao público a possibilidade de conferir em tempo real o desempenho de cada remador.

Além da disputa pelo melhor resultado em cada modalidade, a expectativa da organização e dos atletas é para a retomada da quebra de recordes nos 1.000 metros. Caso algum atleta consiga esse feito, receberá a premiação em dinheiro e o remo de madeira (uma peça artesanal e exclusiva do evento). Na lista de premiação tem ainda viagens para Cancún, no México.

Outra novidade é a disputa de um remoergômetro (equipamento usado nas provas). Os cinco primeiros classificados de cada categoria estarão habilitados para a superprova, marcada para a última etapa do circuito, em Itajaí, no dia 27 de outubro. “Com o sucesso do evento em 2017, este ano decidimos ampliar as premiações. Esta é uma maneira de prestigiar os atletas que acreditaram neste sonho, valorizar os apaixonados pelo remo. E quero lembrar aqui que este é o começo, para o próximo ano a intenção é trazer mais novidades. Afinal de contas, a meta é tornar este circuito um referencial para o Brasil”, destacou o idealizador do Row To Win, Maurício Boabaid.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg

Destaques

  • Nenhuma matéria relacionada.