Pedagoga recebe homenagem

Letícia Mello recebeu troféu “Amigo da Acessibilidade” durante o evento Virada Cultural, em Florianópolis

bec859820e8ae02354534641c10003ea.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

A neuropsicopedagoga Letícia Mello, empresária que fundou a moderna TransFormar Soluções Educacionais, em Palhoça, em 2017, recebeu o troféu “Amigo da Acessibilidade”, oferecido pelo Instituto Cidade com Carinho, durante o prestigiado evento Virada Social, que agitou Florianópolis neste mês de novembro. A entrega do troféu, que é um reconhecimento a quem se dedica em prol da inclusão de pessoas com necessidades especiais na sociedade, aconteceu no dia 13. “Fiquei imensamente feliz, chorei de emoção do início ao fim durante a homenagem. Não esperava”, comenta Letícia.

O vereador de Florianópolis Tiago Silva (MDB), um dos articuladores da Virada Social, descobriu o trabalho da pedagoga através das redes sociais e ficou admirado. “Entrei na categoria pelo atendimento pedagógico, pela inclusão escolar voltada para o olhar pedagógico”, conta Letícia.

Quando abriu a TransFormar, no Pagani, em setembro do ano passado, a intenção era trabalhar com pessoas com dificuldade de aprendizagem. Dois meses depois, ao receber o primeiro autista para atendimento, Letícia decidiu buscar especialização em análise do comportamento aplicada voltada para crianças autistas - atualmente, existem 398 autistas diagnosticados matriculados na rede de ensino de Palhoça. Hoje, a TransFormar conta com uma equipe multidisciplinar especializada em autismo, como fonoaudióloga, nutricionista e terapeuta ocupacional. Além da atenção ao autismo, o espaço também atende pessoas com características como Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) ou Transtorno Desafiador de Oposição (TDO).

E para ampliar o espaço de debate e troca de informações sobre essas condições, e assim garantir uma inclusão cada vez mais efetiva dessas pessoas na sociedade, a neuropsicopedagoga resolveu organizar o I Seminário de Inclusão na Educação, agendado para o dia 16 de março de 2019, no Hotel Slaviero, no Pagani. O objetivo é promover reflexões, compartilhando conhecimentos, promovendo a troca de experiências sobre a inclusão, possibilitando os profissionais conhecimentos teóricos e práticos no contexto de uma escola inclusiva. “Essas ações estão ligadas diretamente ao processo de ensino aprendizagem, auxiliando de forma assertiva, esse tema faz-se necessário por ser emergente, frente aos desafios e a necessidade de ampliar o olhar sobre as crianças e os adolescentes que necessitam desse atendimento especializado no município de Palhoça”, explica.

A própria Letícia Mello será uma das palestrantes, com os temas “Reflexões sobre o papel da escola e da família na inclusão de pessoas com o Transtorno do Espectro Autista” e “TDAH - Conhecer, compreender e intervir: possibilidades e intervenção escolar”. O seminário também vai contar com as palestras: “A inclusão na literatura infantil”, com Adriane Forster; “Avaliação neuropsicológica e sua contribuição no contexto escolar”, com Gustavo Alfredo Lopes de Lima; “Depressão na infância e adolescência, um desafio para família e escola”, com Lisandra Silva; “Autismo e engajamento social”, com Caroline Goulart de Oliveira; “Os benefícios da terapia ocupacional na inclusão escolar”, com Jéssica Rodrigues de Souza; “Aprendizado começa na mesa, alimentação adequada determina o sucesso em sala de aula”, com Andréa Lins.

O seminário vai oferecer um certificado de 15 horas, chancelado pela Prefeitura Municipal de Palhoça. As inscrições já estão abertas. Clique e se inscreva!



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif