3e1661f837ddbbe2cfeee8ea72ad9b2c.JPG Multicampeão de Bicicross ministra palestra para 270 crianças e adolescentes do Madri

f53109fdbce259b39801fb7647a3629b.jpg Equipe BMX Palhoça conquista 13 medalhas no Catarinense de Bicicross


Batalhão “volta ao lar” em Palhoça

Após reforma, antiga sede do 16º BPM foi reinaugurada nesta quarta-feira (20)

68c88a5228b35ca0f8b64032177e3387.jpg Foto: NORBERTO MACHADO

O quartel do 16º Batalhão da Polícia Militar, nomeado em homenagem ao coronel Sestílio Angelo Franzósi, volta a funcionar no antigo endereço, no Centro de Palhoça. Nesta quarta-feira (20), o comandante geral da PM, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior; o comandante da 11ª Região da PM, coronel Áureo Sandro Cardoso; e autoridades locais prestigiaram a reinauguração.

O antigo prédio passou por uma ampla reforma, que iniciou em 2015, com um investimento de R$ 1.590.659,09, segundo informa a Secretaria de Estado de Segurança Pública de Santa Catarina. A edificação atual é moderna, com três pavimentos, comportando todas as seções administrativas. A área construída é de 1.049,31 metros quadrados.
Como forma de simbolizar o momento, foi entregue uma Moção de Agradecimento pelo serviço prestado ao primeiro comandante do 16º BPM, coronel da reserva Daniel dos Santos Fernandes, e a um dos primeiros PMs a servir nesta unidade, o cabo da reserva Dirceu Osvaldo Reinehr.

"Quis o destino que eu fosse o comandante do batalhão neste momento, o que faz de mim um oficial afortunado e feliz, pois além de vivenciar todos os postos de minha carreira nessa unidade, tive também o prazer de comandar duas companhias isoladas, que na época pertenciam a Palhoça. É, em verdade, um momento único e que vou lembrar sempre", comentou o comandante do 16º BPM, tenente-coronel Jacob Quint Neto.

Segundo o comandante, o novo quartel tem uma ótima infraestrutura e trará um ganho muito grande para a Polícia Militar de Palhoça, além de ter uma localização mais estratégica, em comparação à sede provisória que vinha sendo ocupada, no Jardim Eldorado. Mas a estrutura no Jardim Eldorado não será abandonada. Ela continuará ativa, agora como base operacional voltada para a parte de operações táticas, já que o Pelotão de Patrulhamento Tático permanecerá instalado lá.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg

Destaques

  • Nenhuma matéria relacionada.