Prefeitura faz o mapeamento de áreas de risco a desastres naturais

Técnicos da Defesa Civil sobrevoaram a cidade para setorizar os pontos mais críticos

ded8acac83d870c27f3ba71c7719e040.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

Nesta semana, técnicos da Defesa Civil de Palhoça sobrevoaram diversos pontos da cidade juntamente com a tripulação do helicóptero Águia 2 da Polícia Militar para coletar dados para o mapeamento do Plano de Contingência e levantamento das áreas mais arriscadas a alagamentos e deslizamentos no município. 

De acordo com o prefeito Camilo Martins, o monitoramento permite caracterizar o comportamento da cidade diante de situações perigosas, como o elevado volume de chuvas que está atingindo toda a região durante o mês de janeiro. "Essa análise técnica possibilita estudar também as opções de evacuação nas comunidades mais suscetíveis e a possível contribuição de cada secretaria municipal nos momentos de emergência, com o intuito principal de preservar vidas e residências", concluiu.

O diretor da Defesa Civil de Palhoça, Júlio Marcelino, explica que essa forma de avaliação técnica por meio de um sobrevoo é inédita na cidade e possibilita realizar um planejamento estratégico e políticas públicas de prevenção baseadas nos locais mais vulneráveis a movimento de massa e inundação. "Os estudos auxiliam a gestão a planejar o crescimento da cidade de forma preventiva para diminuir os danos de desastres naturais.

Os dados levantados podem influenciar no plano diretor e no planejamento urbano do município, pois com eles será possível, por exemplo, elaborar um projeto de alerta e prevenção, além de definir locais prioritários para investimento em obras de infraestrutura de redução de risco", salienta.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • d83a8831fba6952d386c6501dc64c0ab.jpg

Destaques

  • Nenhuma matéria relacionada.