Procuradora-geral conhece nascentes da região

Raquel Dodge fez um voo de helicóptero pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro

c723bbc428c6ec39187f32e2ac4cc1c5.jpeg Foto: DIVULGAÇÃO

A procuradora-geral da República Raquel Dodge participou na segunda-feira (19) do evento “MPF Cidadão – 30 anos” na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Santa Catarina. Recebida pelo procurador chefe Darlan Airton Dias, ela participou também de encontros com procuradores da República, promotores de Justiça e juízes federais. Pela manhã, fez um voo de helicóptero pelo Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, conhecendo nascentes de rios que fornecem água para parte significativa dos moradores da Grande Florianópolis (inclusive Palhoça, onde observou do alto nascentes com a do rio Cubatão) e do litoral sul do estado. À tarde, ela assinou documento de adesão do MPF em SC e do MP Estadual ao projeto “Água para o Futuro”.

Na PR/SC, a procuradora geral da República se reuniu com procuradores da República que atuam em Santa Catarina, debatendo questões administrativas e orçamentárias. Cerca de 30 membros estiveram na reunião. Logo na abertura, ela destacou a importância do encontro e da disponibilidade para ouvir as demandas. “Esse diálogo é muito proveitoso e contribui para que nos aproxime e para que atuemos cada vez melhor”, resumiu.

No evento “MPF Cidadão - 30 anos”, que começou às 15h30, a PGR participou, ao lado do procurador-chefe Darlan Dias, do lançamento do livro “Memórias do MPF Catarinense”, que traz depoimentos de servidores e procuradores sobre a história da instituição. Em texto especial para o livro, Raquel defende a criação do Instituto Global do Ministério Público para o Ambiente, que propôs no final de 2017, para que os ministérios públicos atuem com prioridade na proteção das florestas e das nascentes, na proteção do ambiente e na defesa da água como direito humano fundamental.

Na sequência do evento, ela assinou, como presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), o termo de adesão do MPF em Santa Catarina e do Ministério Público Estadual ao programa “Água para o Futuro”. O programa disponibiliza o aplicativo “Água para o Futuro”, que mapeia e identifica irregularidades ambientais em nascentes de água. Em entrevista à imprensa, Raquel Dodge reafirmou o seu compromisso e do MPF em defesa do meio ambiente.



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif