Reunião projeta saneamento na Guarda

Encontro serviu para estabelecer um calendário de oficinas

a24d1782c36954159d6a396bd3179e18.jpg Foto: DIVULGAÇÃO

A comunidade da Guarda do Embaú, primeira Reserva Mundial de Surfe (RMS) do Brasil, deu um importante passo na noite de terça-feira (19) para a resolução de um tema que já se arrasta há mais de 30 anos: estabelecer um modelo adequado de tratamento de esgoto para a localidade.

Após várias reuniões setoriais com o prefeito de Palhoça, com os técnicos da Secretaria Municipal de Abastecimento e Esgoto (Samae) e com a promotoria do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, o encontro, realizado na Pizzaria Big Bamboo, antigo engenho da Guarda, serviu para esclarecer a metodologia a ser utilizada e o calendário das oficinas que acontecerão nos dias 12 e 26 de março e no dia 4 de abril deste ano.

Segundo Marcos Aurélio Gungel (Kito), presidente do Comitê Gestor Local da RMS, esse tema foi colocado como prioridade no plano de gestão da Reserva Mundial. “Nosso intuito é buscar alternativas e parcerias para a resolução do problema, e é neste sentido que o Comitê Gestor Local tem atuado. Para orientar nosso trabalho, se juntou voluntariamente ao nosso Comitê o engenheiro sanitarista Lucas Arruda, com vasta experiência na área, o que tem nos assegurado mais confiança para conseguir êxito nesta empreitada”, explica Kito. “Após as três oficinas, realizaremos uma audiência pública a ser chamada pela Prefeitura de Palhoça para validar todo o processo, o que esperamos estar concluído ainda neste primeiro semestre, quando então encaminharemos o resultado ao poder Executivo, que deverá dar sequência e execução ao projeto”, esclareceu Lucas. 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif