Ruas em estado precário prejudicam mobilidade

No Aririú, cadeirante e morador que usa muletas têm dificuldade para transitar

ee0af35df55f9249f7bf28ceeb2a3147.JPG Foto: NORBERTO MACHADO

Texto: Isonyane Iris

Se para quem não tem nenhuma limitação algumas ruas do município causam bastante transtorno, imagina para quem precisa se locomover de muletas ou com cadeira de rodas. Moradores do Aririú reclamam das péssimas condições e da falta de manutenção das ruas José Kirchner e Santino Marcelino da Silva. Depois de cair algumas vezes na rua, alguns moradores optaram por não sair de casa, uma decisão que tem deixado muitos depressivos. 

Sem sair de casa por causa das condições da rua, Pedro José dos Santos Junior usa muletas e é morador da José Kirchner há mais de 15 anos. Pedro já recebeu promessas do prefeito e até de vereador, mas até o momento nada foi feito. “Eles apertaram minha mão, me prometeram que arrumariam aqui, mas nunca fizeram nada. Eles não passam uma máquina na rua. Eu agora estou precisando usar muletas e se tornou horrível andar pela rua”, reclama o morador, destacando ainda que em dias de chuva a rua fica completamente alagada. 

Sem poder sair de casa, Pedro conta que se sente depressivo. “Que transtorno na minha vida. Andar a pé já é cansativo, agora imagina de muletas em uma rua cheia de buracos. Eles me prometeram que iriam arrumar, inclusive me falaram que estava no orçamento, mas não fizeram nada”, lamenta o morador.

A situação não é diferente na rua Santino Marcelino da Silva, onde um cadeirante também estaria sem sair de casa por causa das péssimas condições da rua. “Nessa rua passa muito caminhão, com o peso dos veículos o calçamento está totalmente danificado, isso sem falar das bocas de lobo que estão abertas e mais baixas que a estrada. Eu não consigo andar com a cadeira de rodas e tenho certeza que para os motoqueiros também é um perigo”, reclama o cadeirante, que prefere não se identificar.

Em alguns trechos as lajotas estariam afastadas por quase 10cm, além disso muitas bocas de lobo espalhadas pela rua Santino Marcelino da Silva estariam puxando o calçamento para baixo, já que a maioria está abaixo do nível da estrada. “Eles precisam levantar as bocas de lobo também, além de arrumar o calçamento. Sair de casa desse jeito é um perigo”, critica o morador. 

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos comunica que as ruas José Kirchner e Santino Marcelino da Silva, no bairro Aririú, estão recebendo manutenções que serão concluídas ainda nesta semana.

Outro pedido do morador da Rua José Kirchner seria que fosse colocado um container de lixo na entrada da rua, pois os cachorros estariam rasgando os sacos e o lixo estaria ficando espalhado pela rua.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura informa que almeja concluir a instalação dos contêineres para a coleta de resíduos sólidos em todo o município no próximo ano. "O projeto LimPalhoça iniciou em 2017 e disponibiliza contentores de mil litros cada, onde o resíduo permanece resguardado, longe do acesso de cachorros e outros animais”, explica.



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: NORBERTO MACHADO NORBERTO MACHADO
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif