Covid-19: município confirma 16 mortes

Pelos números divulgados pelo governo do estado, seriam 17 óbitos

aca3be083296d6ad398ce817d9d464ff.png Foto: REPRODUÇÃO

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, na noite desta segunda-feira (20), os números mais recentes com relação à pandemia de Covid-19 no município. A secretaria confirma duas novas mortes, e assim, Palhoça chega a 16 óbitos. Porém, há divergência com relação ao número de óbitos divulgado pelo governo do estado.

Desde o início da apuração, o jornal Palhocense tem tomado por base os números confirmados pela secretria municipal. Isso porque, quando houve a primeira divergência no número de mortos, o governo do estado foi consultado pela redação e declarou que recebe as informações dos próprios municípios, logo, optamos por utilizar os números divulgados pelas autoridades de saúde de Palhoça. Quando há divergência no número de mortes, mencionamos.

Como foi o caso da última sexta-feira (17), em que a Prefeitura revelava uma nova morte em Palhoça, mas o governo do estado indicava que seriam três óbitos. Conferimos a informação e confirmamos que um dos óbitos relatados pelo estado já constava nas estatísticas do município em relações anteriores e só naquela data havia sido atualizado nos números do governo estadual. A outra morte confirmada pelo governo do estado, de um estudante da Unisul, de 22 anos, que morava em Florianópolis, não entrou nas estatísticas municipais.

Há uma terceira fonte com relação ao registro de óbitos, que são os cartórios. Mas, para evitar duplicidade nos números em função dos atrasos na computação dos casos, tomamos por base as informações fornecidas pela autoridade de saúde municipal - no caso, a Secretaria de Saúde. Assim, podemos utilizar com mais segurança o número de casos por bairro, número de testes realizados, número total de pacientes infectados e de pacientes recuperados.

Também há um questionamento nas redes sociais com relação à definição da Covid-19 como causa da morte na certidão de óbito. "Meu vizinho morreu de ataque cardíaco e disseram que foi Covid" e "meu amigo já era doente, morreu e disseram que foi Covid" são algumas das indagações recorrentes. A médica Infectologista lotada na Secretaria de Saúde do município de Palhoça Fernanda Scapinello esclarece: "A Covid pode, sim, causar doenças vasculares trombo-embólicas, como o AVC, IAM (infarto agudo) e TEP (tromboembolismo pulmonar) e levar ao óbito". Ou seja: um ataque cardíaco, um AVC ou um tromboembolismo pulmonar, por exemplo, podem ser consequência, sim, da doença respiratória (Covid-19) provocada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2).

 

Números atualizados

Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde na noite desta segunda-feira (20), Palhoça registra 1.896 casos de Covid-19 desde o início da pandemia, sendo que 16 desses pacientes morreram, 976 estão recuperados e 904 seguem sendo monitorados.

O município realizou, até agora, 4.895 testes na população, sendo que 2.419 suspeitas foram descartadas e 563 pessoas ainda aguardam o resultado dos exames.


Casos por bairro

209 casos - Ponte do Imaruim
194 casos - Bela Vista
156 casos - São Sebastião
140 casos - Aririú
122 casos - Barra do Aririú 
110 casos - Passa Vinte 
94 casos - Centro
74 casos - Caminho Novo 
72 casos - Guarda do Cubatão
66 casos - Jardim Eldorado
62 casos – Pachecos
58 casos - Pedra Branca
57 casos - Rio Grande 
55 casos - Pagani
49 casos - Alto Aririú
43 casos - Praia de Fora
39 casos - Nova Palhoça e Madri
34 casos - Brejaru
33 casos - Jardim Aquárius
28 casos - Aririú da Formiga
27 casos - Enseada de Brito
17 casos - Frei Damião e Pinheira
14 casos - Passagem do Maciambu
13 casos - Furadinho
11 casos - Vila Nova
9 casos - Pontal
7 casos - Praia do Sonho
6 casos - Jardim das Palmeiras
4 casos – Laranjeiras e Jardim Coqueiros
2 casos - Guarda do Embaú, Albardão e Ponta do Papagaio
1 caso - Jaqueira e Praia do Meio

* Outros 25 pacientes não tiveram o endereço identificado

 

Em Santa Catarina, há 54.414 casos confirmados de Covid-19, sendo que 45.061 pacientes estão recuperados e 8.659 continuam em acompanhamento. O novo coronavírus causou 694 óbitos no estado desde o início da pandemia. Com isso, a taxa de letalidade é de 1,28% no estado.

A maior quantidade de pacientes com Covid-19 está em Joinville, que contabiliza 4.652 casos. Na sequência, aparecem Blumenau (3.368), Chapecó (3.155), Balneário Camboriú (3.154), Itajaí (2.615), Florianópolis (2.517), Palhoça (1.896), Criciúma (1.580), Concórdia (1.551) e São José (1.317).

Há 1.376 leitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado, dos quais 1.043 estão ocupados, sendo 429 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A taxa de ocupação geral é de 75,8% e há 333 leitos vagos atualmente.


Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?
Clique no link de acesso!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg