Fiscalização notifica comércios irregulares

Ação, que envolveu vários órgãos, ocorreu na Guarda do Embaú

29c11faec479f5a72b4438df41a191fd.JPG Foto: NORBERTO MACHADO

Representantes de vários órgãos integraram uma força-tarefa que realizou uma operação integrada de fiscalização na tarde desta quarta-feira (11), na Guarda do Embaú, do lado da trilha que passava pelo antigo Bar do Evori.

Um dos objetivos é coibir a proliferação de comércios irregulares nas imediações da praia. Seis barracas foram notificadas pela Fiscalização de Posturas e pela Vigilância Sanitária (porque, além de bebidas, também comercializavam alimentos) e vão precisar cessar suas atividades. Mesmo que consentisse com a atividade, como se trata de uma área da União, o município não tem a prerrogativa de autorizar a comercialização naquele local.

Outro objetivo da operação integrada é inibir o uso e a venda de drogas na praia. O secretário de Segurança Pública de Palhoça, Alexandre Silveira de Sousa, explica que a pasta tem recebido muita reclamação de veranistas com relação ao consumo de drogas no local. Na maioria das vezes, são famílias que não conseguem mais levar as crianças para brincar na praia, por causa do “cheiro de maconha” no ar.

A ação de fiscalização contou com o trabalho de órgãos e setores como Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, agentes de trânsito e Polícia Militar.

 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif