Beltrano - Edição 724

Coisas que nem o Freud explica

 

Extra! Extra!! Estamos chegando naquele momento em que você chega em casa, abre a porta e escorrega em 100 santinhos que políticos colocaram por baixo da porta! Eu, particularmente, pretendo parar de escrever esta coluna; vou comprar um caminhão, porque com este tanto de gente falando que vai ter mudança em Palhoça, acho que vou ganhar um bom dinheiro! Rá, rá, rá, rá... Até porque, se eu não ganhei nada e não contribuí com o Brasil votando em seis candidatos em 2018, imagine só em dois em 2020! 
Escrevo há mais de 30 anos esta coluna e minha maior frustração foi nunca poder ter dado esta manchete: “Um político famoso contraiu febre aftosa e será preciso abater todo o rebanho”! Mas também dizem que o eleitor reclama sem razão, já que não existe no mundo um político tão religioso quanto o do Brasil. Tanto é verdade que, em cada obra que inaugura, leva um terço! Rá, rá, rá, rá...

Mas o que faz rir, mesmo, é que em ano eleitoral os eleitores esperam mudanças. O problema é que nossos políticos continuam fazendo as mesmas cagadas dos mandatos anteriores! O eleitor precisa pensar antes de votar e responder a esta pergunta: “Se uma prostituta é chamada de mulher pública, por que um homem público é um político?” Lembre-se: não é a política que faz o candidato virar ladrão. É o seu voto que faz o ladrão virar político. Pois, veja: nossos pré-candidatos falam demais da conta: sou da opinião de que é melhor nossos políticos se calarem e deixarem que os eleitores pensem que eles (os políticos) são apenas idiotas, já que quando eles falam não deixam a menor dúvida! Mas nem tudo está perdido: Palhoça já teve candidato eleito que falou que era “candidato da família”. E não é que era mesmo! Depois que foi eleito, empregou a irmã, a filha, o genro, o cunhado, a esposa... Rá, rá, rá, rá...

O Brasil já foi um país conhecido mundialmente pelo seu futebol e o Carnaval. Hoje, lamentavelmente, é reconhecido pela corrupção! Antigamente, se dizia que “a voz do povo é a voz de Deus”. Se for assim, com certeza os políticos brasileiros devem ser ateus! É por essa e por outras que minha amiga Doroteia da Cova Funda me disse que as eleições estão chegando novamente e ela ainda não arrumou um bom partido. Ela costuma dizer que uns querem Bolsonaro, outros querem Lula, ela só quer um namorado, até porque os políticos vêm e vão e em vão, vão! Para se ter uma ideia, na Arábia Saudita, os ladrões são amputados; no Brasil, são deputados. No mundo, deputado é parlamentar; no Brasil, deputado é para-lamentar! Isso sem falar que dependendo do próximo presidente, não haverá passagem de faixa presidencial, e sim, tornozeleira eletrônica. No Brasil, a coisa tá tão feia que dia desses sonhei que o Luciano Huck era presidente e colocava todo mundo num caldeirão! Temos visto por aí muitas manifestações em favor do Moisés e do Jair Messias. O clima de manifestação popular é tão sério que, ainda ontem, uma mulher espirrou dentro do ônibus da Jotur. Eu disse: “Saúde!” Ela respondeu: “Educação”. E todos no ônibus se levantaram e cantaram o Hino Nacional! Foi lindo!!

Depois que o brasileiro acordou doutor em política, a internet virou um caos. Exemplo: deixem SC sem governador que a gente cria um grupo no WhatsApp e resolveremos todas as tretas! Só não sei por que existem tantos internautas que dizem saber o que significa direita e esquerda se ainda não aprenderam a dar seta! O eleitor brasileiro precisa saber que fazer política no Brasil é como masturbação: uns fazem com a esquerda, outros com a direita, e no fim, só eles que gozam! Tanto que já tem gente dizendo: “Volta, Temer! A gente só tava brincando”! Por falar nisso, tem um ditado que diz: "Quando o diabo fica muito quieto, é porque está armando". Por falar nisso, alguém sabe por onde anda o Temer? Por outro lado, estão investigando tanto o Lula que vão acabar achando o dedo dele! A coisa tá tão estranha que tem gente que diz que "o Lula roubou, mas ajudou o Brasil." Beleza, então vou roubar seu carro e depois te dou uma carona, tá?! Quero dar uma dica ao governo Bolsonaro, acusado de não ter projetos sociais: vendo tantas prisões domiciliares no Brasil, que tal lançar o projeto “Minha casa, minha cela”?! Rá, rá, rá, rá...

Mas também sugiro que devemos parar de odiar as pessoas pela opinião política e voltar a odiar pelo gosto musical. Não tem nada a ver ficar dizendo por aí que, pela nova Previdência Social do Bolsonaro, “se a Dercy Gonçalves estivesse viva, ainda faltariam 10 anos pra ela se aposentar”. Tudo isso pode ser facilmente resolvido com a nova reforma política. Acho que, no Brasil, deve-se, primeiro, instituir uma eleição para eleger quais eleitores podem votar! Acabaria com todos os nossos “pobremas”!

Enquanto isso, o Silvonei, um craqueiro morador das ruas da Ponte do Imaruim, não cansa de falar para os outros craqueiros: “Eu até poderia estar roubando, mas o governo chegou primeiro”! Silvonei anda cansado de tanta concorrência do governo e de ser pobre e mentiroso. O pior, segundo ele, é que não pode sequer ser candidato a vereador, pois se pudesse, seria só mentiroso! Rá, rá, rá, rá...

Em Palhoça, a campanha já começou, mas nenhum dos supostos pré-candidatos, segundo as pesquisas, ultrapassa o calor do nosso verão. Quer dizer: estão perdendo até para a temperatura!
Enquanto isso, lá na rádio São Francisco, o Moacir Conrad continua com seu Jornal Falado, nos dando estas notícias surpreendentes:

- Depois de ter passado por exames de rotina, um vereador palhocense foi internado às pressas nesta quarta-feira, no Hospital Regional de São José, onde se submeteu a uma cirurgia de desobstrução do intestino, já que nos seus três anos de mandato não fez bosta nenhuma!
- Polícia Militar prende gordo do Aririú da Formiga porque ele é contra o regime. A polícia não informou se o regime era o militar ou a dieta mesmo!
- Moradores de Palhoça exigem um “ponto final” para acabar com a precariedade do transporte coletivo. Comunidades acusam a Prefeitura de até agora só dormir no ponto!
- Coveiro do Passa Vinte desabafa: no Cemitério do Passa Vinte não tem mais onde se cair morto!
- Ministério do Transporte adverte: Não caia em blitz de trânsito e nem deixe que a polícia recupere seu carro, caso tenha sido roubado. Não queira que seu automóvel vá parar no depósito municipal de veículos apreendidos, pois o “resgate imediato” não existe!
- Momento de reflexão: abri aqui sem querer na página 38, que por coincidência é o número do revólver e do novo partido do presidente Bolsonaro. Vamos ver o que nos reserva! Aqui está: “Se a vida um dia te der as costas, não se deprima, passe a mão na bunda dela e siga em frente. A vida é assim mesmo, tem hora que a gente vê tanta merda, que pode-se pensar que nosso olho é vaso sanitário! Respire fundo e recite pra você mesmo o verbo cavar: eu cavo, tu cavas, ele cava, nós cavamos, vós cavais, eles cavam. Você pode dizer que esta reflexão não vai servir pra nada, mas admita, que é profundo, ah, isso é!
Rá, rá, rá, rá! 



Publicado em 30/01/2020 - por Beltrano

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg