Editorial - Edição 725

 

Dê uma chance à causa animal

 

“Para um cão, você não precisa de carrões, de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dará o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós, humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?”.

O texto é do filme “Marley e Eu”, mas serve de inspiração para um novo espaço que o jornal Palhocense traz para seus leitores a partir desta semana. A colunista Vanessa Castilho Melo vai percorrer nossa cidade atrás de histórias de amor e superação; doação e vida. Temos em Palhoça diversas carências envolvendo o bem-estar animal e zoonoses. Esses temas já foram visitados e revisitados em nossas páginas. Promessas já foram feitas... Frustrações vieram à tona e alguns avanços também aconteceram. Esses, na maioria, por conta de abnegados cuidadores e entusiastas da causa animal que lutam pelo que acreditam.

Com o nascimento do PalhoPet, acreditamos que daremos vez e voz para os cuidados, o amor e a saúde de quem não nos cobra nada em troca.

Quer participar desse movimento? Corra ali na página 23, interaja em nossas redes sociais... Dê sua opinião, engaje-se, adote... E dê uma chance ao amor!



Publicado em 06/02/2020 - por Palhocense

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • Banner-310x260.gif