f8cd4f6b92c2fc70f0e82ac7e1a42880.jpg Vacinação em SC: estado ultrapassa 5 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

1069b9477a3a0d2f867498dc62b62e0e.jpeg Campanha quer melhorar autoestima de mulheres em situação de vulnerabilidade

5f9a9fdb32314194b4a64723f76fca64.jpeg Membros da comunidade se mobilizam para preservar vegetação na Pedra do Urubu

de47197475943f65b8890285981920fa.PNG Inspirada por Nelson Rodrigues, escritora de Palhoça lança livro de contos

c64875ae6408469efef36af9aa564775.jpeg ViaCatarina recebe mais uma edição da Feira do Artesanato

9570bba7c4646e5c724a73492d325f77.jpeg Produzido em Palhoça, EP de estreia de Yaju está disponível nas principais plataformas digitais

d6d50a1ca4d89a2580356c2c407d6130.jpeg Atletas da FMEC conquistam medalhas no Brasileiro de taekwondo

27e11cacd416c88131ac3f88f6e81065.jpg Copa do Mundo de Amadores contará com dois times de Palhoça

06dcb5028c047a5c6a4971990792762d.jpeg Halterofilismo: Rogério Anderle é campeão no Sul-Brasileiro 2021

b056d29d794b5e1bd70c65f106382a3b.jpg Governador Carlos Moisés abre a 60ª edição dos Jasc e destaca investimentos históricos no esporte

Falando Sério - Edição 647

A realidade voltou

Finalmente, a festa acabou. A tristeza maior é a dos políticos, que achavam ter o povo esquecido dos assaltos aos cofres públicos. Seria interessante que se fizesse um levantamento do quanto o país gastou, desde a preparação para a Copa até a despedida dos craques e de seus dirigentes.

Agora, é importante fazermos a pergunta: que país você quer para o futuro? Um país respeitado pela integridade moral dos seus dirigentes, apoiado por um povo esclarecido e honesto, ou um país comandado por políticos corruptos, eleitos por um povo também sem ética?

Tenho saudades do meu tempo de criança, quando aprendíamos em casa, na escola e nos exemplos dos homens públicos a sermos cidadãos, a valorizarmos a família e a respeitarmos as autoridades. Tínhamos orgulho em dizer que éramos brasileiros e cantávamos o Hino Nacional em posição de sentido, com a dão direita sobre o coração.

Olavo Bilac escreveu: “Defende, amigo, a tua pátria, como defende a sua furna o leão. Não permitas a afronta ou o vilipêndio, sobre a bandeira e o nome da nação”.

Infelizmente, o povo tem sofrido muitas derrotas. Perdemos a Copa gastando bilhões com os dirigentes e atletas milionários, enquanto o povo continua sem saúde, sem educação e sem segurança. Tivemos o desprazer de assistir à liberdade de dezenas de ladrões do dinheiro público, muitos condenados a mais de 30 anos de prisão, que saíram da cadeia rindo do povo honrado, trabalhador e humilde.

O país precisa acabar urgentemente com o número excessivo de partidos políticos, que só servem para dividir os bilhões arrecadados para fim eleitoral. É preciso diminuir os municípios. Temos mais de 5.500 municípios, cuja metade não tem condições de ser município, com prefeitos e vereadores enriquecendo com o dinheiro dos impostos.

É lamentável assistirmos a governadores nomeando desembargadores, presidentes da República nomeando ministros do Supremo – a maioria deles representantes de partidos políticos. Acabamos de ver a liberdade de ladrões de alta patente, condenados por mais de 30 anos e soltos por autoridades que deveriam ter estatura moral para se darem por impedidos, pela vinculação partidária.

As eleições estão próximas. Na hora de votarmos, devemos, antes, nos olharmos no espelho e perguntarmos: que país você quer para o futuro? Vamos pegar nosso título eleitoral e prometermos a nós mesmos votar em gente honesta e competente. Chega de ladrões! Chega de incompetentes!

Para todos os cargos políticos e administrativos do país.

PARA PENSAR: “SOB A CONSTITUIÇÃO MAIS LIVRE, UM POVO IGNORANTE SEMPRE ESCRAVO”. (Condorcet)



Publicado em 12/07/2018 - por Juarez Nahas

btn_google.png btn_twitter.png btn_facebook.png








Autor deste artigo


Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg