Governo de SC projeta novas liberações

Definido cronograma para o retorno do funcionamento do transporte e da educação

00fab5bf6d679445c3aa5bb22a599b2d.jpg Foto: CRISTIANO ESTRELA/SECOM

Com a assinatura de um novo decreto nesta segunda-feira (1), o governo do estado divulgou um cronograma para o retorno de atividades que estavam suspensas em Santa Catarina. O transporte coletivo municipal e intermunicipal poderão retornar a partir do dia 8 de junho. Já as aulas presenciais nas redes privada e pública, nas esferas municipal, estadual e federal, seguem suspensas até o dia 2 de agosto.

A decisão do retorno será pautada regionalmente, conforme o avanço da Covid-19 e de acordo com critérios técnicos estabelecidos para que as atividades sejam retomadas com segurança.

 

Transporte

De acordo com o decreto 630/2020, a partir do dia 8 de junho, os prefeitos poderão autorizar a liberação do transporte coletivo municipal de passageiros. Isso não significa a liberação automática e imediata em todo o território catarinense, pois os municípios precisam apresentar os critérios necessários para a retomada do serviço com segurança.

O transporte coletivo intermunicipal de passageiros também será liberado no dia 8 de junho, e a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) afirma que a retomada será feita por região e com base nos indicadores da Secretaria de Estado da Saúde.

O transporte coletivo interestadual público ou privado e de veículos de fretamento vindos de outros estados segue suspenso até dia 2 de agosto de 2020, exceto casos expressamente autorizados pelas Secretarias da Infraestrutura e Mobilidade e da Saúde.

A portaria com as normas para retomada do transporte coletivo de passageiros será publicada pela SIE até o fim desta semana.

 

Aulas presenciais

Seguem suspensas até 2 de agosto as aulas presenciais nas redes privada e pública, nas esferas municipal, estadual e federal, incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino Técnico e Ensino Superior.

Há uma exceção para as aulas presenciais de cursos superiores, que poderão ser autorizadas a partir de 6 de julho em caso de decisão conjunta dos secretários de Estado da Saúde e da Educação, considerando os índices de contágio da Covid-19. As atividades presenciais em estágios obrigatórios e as aulas práticas em laboratórios de cursos superiores poderão voltar a partir de 8 de junho.

Todas as deliberações serão norteadas por critérios técnicos e científicos, balizados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Já os cursos livres foram autorizados a retornar de maneira presencial na última semana, com a portaria 352 da Secretaria de Estado da Saúde, com data de 25 de maio. Os cursos livres são aqueles considerados como educação não formal de duração variável. Enquadram-se na categoria de formação inicial e continuada ou qualificação profissional, proporcionando ao aluno conhecimentos que lhe permitam inserir-se no mercado de trabalho ou ainda aperfeiçoar seus conhecimentos em área específica.

 

Esporte

A suspensão das competições esportivas em todo o território catarinense continua valendo pelo menos até o dia 5 de julho. A partir desta data e conforme a linha de propagação da doença no mês de junho, poderá se iniciar um diálogo para o retorno dos eventos esportivos. A decisão sobre o assunto será tomada de maneira compartilhada com os gestores municipais, conforme a realidade de cada uma das regiões.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, o cenário epidemiológico será levado em conta na hora de decidir pela retomada dos esportes: “A partir de 5 de julho, ou até um pouco antes, se começará uma deliberação, considerando o cenário epidemiológico. Irá se verificar, a partir desta data, a possibilidade de flexibilização ou manutenção. O que está se abrindo é uma data para que haja uma deliberação. É preciso analisar o cenário do mês de junho”.

Motta Ribeiro lembra ainda que os treinos profissionais estão liberados pelo governo do estado desde o dia 11 de maio e que essa permissão continua em vigor com o decreto assinado pelo governador Carlos Moisés nesta segunda-feira (1).

 

Quer participar do grupo do Palhocense no WhatsApp?
Clique no link de acesso!
 



Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg