Mais de R$ 3 milhões apreendidos em PH e Biguaçu

Polícia Civil apreendeu 71 quilos de cocaína, veículos, efetuou sete prisões, e cumpriu 13 mandados de busca e apreensão

d3a6fd2d7fef25bd868e527a31307314.jpeg Foto: Divulgação/PCSC

A Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) finalizou a contagem do dinheiro apreendido na Operação “Lado A”, deflagrada nesta quinta-feira (10). Ao total, foram apreendidos valores em espécie de R$ 3.136.031,00, incluindo na soma os dólares apreendidos e já convertidos.

A ação foi realizada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE/Deic) após quatro meses de investigações. Além do dinheiro, que estava em uma casa em Palhoça e em um fundo falso de uma caminhonete apreendida em Biguaçu, a operação da Polícia Civil apreendeu 71 quilos de cocaína, veículos, efetuou sete prisões, e cumpriu 13 mandados de busca e apreensão em Florianópolis, São José, Palhoça e Santo Amaro da Imperatriz.

A investigação iniciada nos primeiros meses de 2020 busca apurar a atuação de diversas pessoas na distribuição de drogas em toda a região da Grande Florianópolis, principalmente de cocaína. Sete pessoas foram presas em flagrante (quatro em Palhoça, duas em São José e uma em Santo Amaro da Imperatriz). Os crimes investigados são de tráfico de drogas e associação para o tráfico, tendo sido as ordens judiciais expedidas pela Vara Metropolitana do Crime Organizado.

Foram apreendidos 71 quilos de cocaína, maconha, mais de R$ 3 milhões em espécie, seis veículos, balança, telefones celulares e documentos com contabilidade do tráfico de drogas.

Apoiaram a operação da Deic equipes da DPCo e da DIC de Palhoça, da DPCo de Santo Amaro da Imperatriz, do 4° BPM, canil da Guarda Municipal de Florianópolis e canil da SAP.


Investigação

“Esta foi uma investigação literalmente artesanal. A equipe monitorou os alvos, os locais, a distribuição da droga, a contabilidade da droga que culminaram com a expedição de 13 mandados cumpridos hoje, com a apreensão de 71 quilos de cocaína, dinheiro, veículos e sete prisões”, destacou o delegado Cláudio Monteiro.

 

Quer participar do grupo de WhatsApp do Palhocense?

Clique no link de acesso!



Galeria de fotos: 2 fotos
Créditos: Divulgação/PCSC Divulgação/PCSC
Tags:
Veja também:









Mais vistos

Publicidade

  • ea73bab336bac715f3185463fd7ccc14.jpg